conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre prisão de mulher que sequestrou bebê para ritual satânico em 2014

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma mulher condenada por sequestro e cárcere privado de um bebê teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na quarta-feira (25.04), em ação da 1ª Delegacia de Polícia de Várzea Grande. Considerada foragida da Justiça, Neuza de Arruda, 42, sequestrou a criança para entregar em um ritual satânico.

O crime de grande repercussão ocorreu no ano de 2014, quando a suspeita junto a mais duas mulheres tomou a recém-nascida de apenas 45 dias dos braços da mãe, em Várzea Grande. Segundo as investigações, Neuza era “mãe de santo” e precisava da criança para realizar um ritual satânico.

De acordo com o delegado Guilherme Berto Nascimento Fachinelli, na época dos fatos a suspeita foi presa e ficou detida cautelarmente por sete meses. “A condenação aconteceu em 2015, porém desde então a suspeita estava nas ruas”, disse o delegado.

A suspeita foi localizada pelos policiais da 1ª DP-VG em sua residência no bairro da Manga em Várzea Grande, onde teve o mandado de prisão cumprido. Em entrevista na delegacia, a suspeita confessou que realmente sequestrou a criança para fazer um “trabalho”, porém disse que atualmente se converteu em outra religião e não atuava mais nesse tipo de prática.

Leia Também:  Tio é preso acusado de estuprar e ameaçar sobrinhas de 10 e 14 anos

Fonte: PJC MT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Operação da Polícia Civil e Procon apreende mais de 12 mil produtos piratas em Cuiabá

Publicado

Operação ocorreu na manhã desta terça-feira

Uma operação integrada da Delegacia Especializada do Consumidor (Decon) e Procon Municipal foi deflagrada, na manhã desta terça-feira (21), com objetivo de combater a comercialização de produtos piratas na Capital. A ação realizada no local conhecido como “Shopping China”, no Centro de Cuiabá, resultou na apreensão de mais de 12 mil mídias piratas, entre CD’s e DVD’s.

O estabelecimento é formado por várias pequenas lojas, denominadas “boxes” de comercialização de produtos, sendo dois pontos alvos da operação. Em uma das lojas foram apreendidas 10.656 mil mídias piratas e no segundo “box” fiscalizado foram encontradas mais 2.065 mídias falsificadas, totalizando 12.721 CD’s e DVD’s apreendidos.

Os responsáveis pelas lojas foram encaminhados a Decon, onde foram interrogados pelo delegado Antônio Carlos Araújo e responderão pelo crime de violação de direito autoral, previsto no artigo 184, paragrafo 2º, do Código Penal.

De acordo com o titular da Decon, além de comercializar os produtos ilícitos, os proprietários dos boxes também não possuíam alvará de funcionamento. Araújo explicou que apesar de comum entre a sociedade, a prática de vender mídias piratas é crime e não se admite a aplicação do princípio da adequação social.

“O superior Tribunal de Justiça, pacificou o entendimento sobre o assunto, editou a Súmula 502, que consolida a questão sobre a conduta de expor à venda CDs e DVDs piratas. Os envolvidos com o comércio irregular serão interrogados, sendo instaurado inquérito policial para apuração da conduta e responsabilização dos envolvidos”, destacou o delegado.  

Participaram da operação, os policiais da Decon, os fiscais do Procon Municipal e com o apoio dos policiais civis da Diretoria de Execução Estratégica (DEE).

 

Leia Também:  Autor de vários roubos é preso pela Polícia Civil em Várzea Grande
Continue lendo

Policial

PM prende dois suspeitos por roubo e recupera pertences da vítima

Publicado

Policiais Militares prenderam dois suspeitos de assaltar uma mulher, nesta terça–feira (21), no bairro Mangabeira, em Várzea Grande. O celular e outros pertences da vítima foram recuperados na ação.

A mulher procurou a polícia após ter sido roubada por dois homens em uma motocicleta em via pública. A vítima foi ameaçada e rendida sob a ameaça de uma arma de fogo. O celular e outros pertences foram levados no assalto.

A polícia chegou até os suspeitos após rastrear o aparelho celular da vítima, localizado no bairro Manaíra, em Várzea Grande. Com K.R.R.(33) e D.D.M.(35) os policiais localizaram o celular, fones de ouvido e outros pertences da vítima.

O suspeito K.R.R.(33) ainda estava em posse de uma porção de maconha. Os dois homens foram reconhecidos pela vítima do roubo. Os suspeitos foram conduzidos para a delegacia de flagrantes.

Leia Também:  Homem e mulher envolvidos com tráfico de drogas são presos em Sorriso
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana