SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=33424 LIMIT 1
O Documento - Tabuleiro Político

LICIO MALHEIROS

Tabuleiro Político

Por: Licio Malheiros

O cargo político mais almejado e cobiçado, no contexto estadual, é sem duvida alguma o cargo de governador, que em países com sistema federativo, como no Brasil; é função do governador administrar o estado e representá-lo em ações jurídicas, políticas administrativas. Tendo como metas prioritárias: segurança pública, envolvendo o controle das Polícias Civil e Militar a construção e administração de presídios; saúde pública, está um verdadeiro caos, com superlotação, ausência de médicos e enfermeiros, falta de estrutura física, pacientes dispersos por corredores de hospitais e pronto socorro, demora no atendimento, falta de medicamentos entre outros problemas; transporte público, entre os modais de transporte em nosso estado, o rodoviário é o mais usado, também já entrou em colapso, tanto o transporte coletivo urbano, que opera de forma reduzida, com ônibus velhos sucateados, assim como, o transporte intermunicipal de passageiros, deverá ser concedido à iniciativa privada pelo governo do estado por R$ 11 bilhões, pelo prazo de 20 anos.

Em suma, este tripé, quer queira não, é considerado o maior gargalo das administrações públicas, tendo em vista, a necessidade dos mesmos, sofrerem verdadeiras  transformações através da implementação de políticas públicas, voltadas a atender esses setores, que são primordiais em quais quer  administração pública.

Passada as convenções partidárias, que tinha como prazo limite, domingo (5), para que fossem colocados os nomes dos candidatos; e, os registros de candidaturas devem ser feitos até o próximo dia (15), prazo limite, segundo o calendário eleitoral.

São cinco, os candidatos ao Governo do Estado, as mudanças são ínfimas, com relação aos nomes apresentados, tendo como componentes deste importantíssimo tabuleiro político, nomes conhecidos, figurinhas carimbadas, apenas dois deles, podem ser chamados de novos.

Vamos nominá-los, para que a população possa relembrar  cada um deles; e através do voto consciente, possam estar votando no melhor candidato, aquele que realmente nos represente, e venha se tornar, um diferencial entre os demais.

O governador Pedro Taques (PSDB), será candidato à reeleição, trazendo consigo, uma legião de correligionários, sua avaliação na condição de governo, infelizmente não é das melhores, vem despencando nas tabelas, conforme pesquisa realizada em 25/03/2018, isto ocorre, em função do mandato eletivo, que é um diferencial, que pode ser negativo ou positivo. A coligação tem: o PSDB, PSL, PPS, PRP, Avante, DC, Solidariedade, Patriotas, PRPB e PSB. Tendo como vice, o produtor rural Rui Prado (PSDB).

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), enquanto prefeito de Cuiabá obteve uma avaliação satisfatória; esta será a segunda vez que ele disputará o cargo, tendo como vice, o produtor rural Otaviano Pivetta (PDT), ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá, e ex-deputado estadual.

Wellington Fagundes (PR) é senador por Mato Grosso, tendo atuação discreta à frente do Congresso Nacional, apresentou alguns projetos de lei, relevantes. Tendo como vice, a advogada Sirlei Theis (PV), grata surpresa para muitos, pois o PV mantinha conversas com o Democratas.

Arthur Nogueira (Rede Sustentabilidade), ex-superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele foi meu aluno, na condição de aluno, sempre sobressaiu entre os demais; agora na condição de gestor público, temos que esperar para ver. Tendo como  vice, Sadi Oliveira (PPL), presidente da ONG Amigos do Bem.

Finalmente, Moisés Franz (PSOL), este também é um nome novo, que será colocado à apreciação da população.  Tendo como vice, o enfermeiro Vanderley da Guia.

Caberá à população, cuiabana e mato-grossense analisar com carinho, o perfil e aptidão de cada candidato, levando em consideração  critérios básicos como: honestidade, retidão de caráter, sinceridade e por ai vai.

Segundo pesquisa de um instituto conceituado da capital, pesquisa esta,  realizada de 13 a 18 de junho. Foram entrevistados 2048 pessoas em 71 municípios de Mato Grosso. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o nº MT-07643/2018.

Mauro Mendes (DEM) e Pedro Taques (PSDB) aparecem empatados na disputa ao governo de Mato Grosso.  Na pesquisa estimulada, quando a lista de possíveis candidatos é apresentada ao eleitor, Mauro Mendes lidera com 19,39% das intenções de voto e Pedro Taques tem 16,42%.

O levantamento também mostra que 35,22% dos entrevistados não sabem ou não responderam em quem vão votar, estes representam os indecisos, um filão a ser explorado.

OBS: não declinamos nomes, de quem eventualmente possa estar sendo citado, em quaisquer  umas das operações de combate à corrupção em curso em nosso  país.  

Professor Licio Antonio Malheiros é geógrafo (liciomalheiros@yahoo.com.br)

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.224.247.42) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=33424 ORDER BY id DESC