SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=26644 LIMIT 1
O Documento - Perícia confirma violação de lacre em envelopes de concurso para delegado em MT

FRAUDE

Perícia confirma violação de lacre em envelopes de concurso para delegado em MT

Por: Da Redação
Documento foi enviado para o GCCO e concurso poderá ser anulado
Documento foi enviado para o GCCO e concurso poderá ser anulado
Foto de Reprodução

O laudo realizado pela Politec (Perícia Oficial de Identificação Técnica) aponta que o lacre dos envelopes plásticos onde estavam as provas para o concurso público de delegado substituto de Mato Grosso foi rompido antes das aplicações das provas. O perito Flávio Yuudi Kubota realizou a perícia em três envelopes após denúncias de candidatos de que envelopes já estavam abertos antes da aplicação da prova

O concurso foi realizado em 8 de outubro, um domingo. Logo no inicio da tarde daquele dia, começou o vazamento de foto por meio de aplicativos na internet da violação de envelopes que deveriam estar lacrados e que seriam abertos apenas no início da prova e de gabaritos. Uma das irregularidades foi sobre o vazamento de fotos da folha de respostas da prova. Por volta das 14 horas, uma hora antes do início das provas, as imagens já do gabarito já circulavam pelo aplicativo Whatsapp.

“No envelope  periciado, os dois elementos da fita encontravam-se ativados, ou seja, a fita foi rompida parcialmente no sentido longitudinal, rompimento de aproximadamente 107 mm, e o segundo elemento com a mensagem violado foi revelado na fita e com vestígios no envelope, com a distância de aproximadamente 140 mm com relação a lateral direita do envelope. Portanto, pode-se afirmar que ocorreu a violação parcial do lacre externo”, diz trecho do laudo.

No segundo envelope, a perícia também identificou que as fitas adesivas sofreram abertura parcial. “O envelope de segurança interno possui duas fitas adesivas permanentes. No envelope periciado, encontraram-se indícios de que as fitas adesivas sofreram abertura parcial de aproximadamente 100 mm (Fotografia 13), tendo em vista o desalinhamento/amassamento quando comparada às demais partes das fitas adesivas presentes no envelope e também pelo aspecto da cola responsável pela adesão nesta porção das fitas adesivas. Observou-se, ainda, vestígios de cola fora da região de aderência, ou seja, houve um reposicionamento das fitas após a adesão inicial”.

No terceiro, conforme o documento, foi detectado a tentativa de remoção da etiqueta. “No exame pericial, observou-se o rompimento parcial deste elemento de segurança de aproximadamente 30 mm (Fotografias 15 e 16). Considerando o início do rompimento na etiqueta à lateral direita do envelope, observou-se um rompimento de aproximadamente 145 mm (rompimento total). Esta etiqueta, visando garantir a sua autenticidade, possui outros elementos de seguranças como microletras e faixa holográfica (Fotografias 17).

O perito explicou ainda que existe a possibilidade que com a abertura do envelope, é possível a subtração do caderno de provas. “Considerando as simulações executadas em padrões, com as mesmas condições encontradas nas peças questionadas e considerando as dimensões e quantidades de cadernos de provas no momento da aplicação, conclui-se que é possível a subtração de um caderno de provas”.

O concurso teve cerca de 13 mil concorrentes ao salário mensal inicial de R$ 19 mil. O documento com o resultado final da perícia foi encaminhado para Gerência de Combate do Crime Organizado (GCCO), que apura o caso com acompanhamento do Ministério Público Estadual (MPE) e a comissão organizadora do concurso.

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.225.36.143) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=26644 ORDER BY id DESC