SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=29681 LIMIT 1
O Documento - Mauro e Taques polarizam em Cuiabá; oposição empaca e não avança na pesquisa PERCENT

PALÁCIO PAIAGUAS

Mauro e Taques polarizam em Cuiabá; oposição empaca e não avança na pesquisa PERCENT

Por: Maksuês Leite
Fonte: Da Editoria
Se permanecerem unidos, Taques e Mauro podem fazer "barba, cabelo e bigode", em 2018
Governador, Pedro Taques (PSDB): recuperação eleitoral em Cuiabá o coloca no páreo para concorrer à reeleição
Governador, Pedro Taques (PSDB): recuperação eleitoral em Cuiabá o coloca no páreo para concorrer à reeleição
Foto de ODOC

A primeira pesquisa eleitoral de 2018, realizada em Cuiabá, pela PERCENT, em parceria com o portal ODOCUMENTO e TV Cuiabá, revela rigoroso empate técnico na sucessão ao Palácio Paiaguas, quando ocorre a sondagem espontânea (sem a apresentação de nomes ao entrevistado), entre o atual governador, Pedro Taques (PSDB), e o ex-prefeito da Capital, Mauro Mendes (DEM), com 4,3% e 4,8%, respectivamente. Como ambos fazem parte do mesmo grupo político, confirma-se a supremacia dos pré-candidatos governistas nas eleições majoritárias deste ano.

Sondagem espontânea revela Mauro e Taques cabeça-a-cabeça no maior colégio eleitoral de Mato Grosso
Sondagem espontânea revela Mauro e Taques cabeça-a-cabeça no maior colégio eleitoral de Mato Grosso
Foto de ODOC

O atual senador da República, Blairo Maggi (PP), o ex-senador Jaime Campos (DEM), e o Procurador Mauro, do PSOL, registraram 0,5% na espontânea. O ex-governador, Júlio Campos, também dos Democratas, obteve 0,3%. No entanto, os indecisos são a maioria absoluta com 80,8%.


Estimulada


Quando a PERCENT estimulou o quadro sucessório, o ex-prefeito cuiabano saiu na frente com 32% de preferência eleitoral. Taques é o segundo colocado ao atingir 17,3%, seguido pelo Procurador Mauro com 12,3%. O atual senador Wellington Fagundes (PR) ainda não conseguiu emplacar o nome, em Cuiabá, e ficou com apenas 1,5%. Indecisos somam 18,5%, mesmo percentual de brancos e nulos.


Com a retirada de Mauro Mendes do páreo, o governador lidera. Por exemplo, no cenário 2, Taques toma a frente ao abocanhar 21,3%, seguido pelo Procurador Mauro com 18,5%. O ex-senador Jaime Campos surge em terceiro lugar ao registrar 7,5%. Mais uma vez, Fagundes fica em último com exatos 3%.


No quadro consultado pela PERCENT sem Jaime, o ex-prefeito da Capital, Mauro Mendes, chega a 36,5%, seguido por Taques com 18,3% e Wellington que obteve 3%. Brancos e nulos somaram 20,8% e indecisos 21,5%.


Ao sacar da disputa majoritária Mauro e Jaime, o chefe do Executivo reassumiu a liderança com 23,3%, seguido mais uma vez pelo Procurador Mauro que atingiu 18,8%, acompanhado pelo senador republicano com 3,5%. Indecisos são 26,3% e brancos e nulos 27,8%.


Segundo turno


A PERCENT estimulou quatro cenários em um possível segundo turno, se dependesse apenas dos eleitores de Cuiabá. Num confronto direto entre Mauro e Taques, o primeiro leva vantagem na disputa. De testa, Mauro teve 40,5% contra 19,3% creditados a Taques. Indecisos 21,5% e brancos e nulos 18,5%.

Sem Mauro na disputa, o governador lidera de ponta-a-ponta a corrida sucessória ao Palácio Paiaguas. Num confronto com ex-governador Jaime Campos, Taques dá uma taca no “Pedra” ao registrar 25% das intenções de votos contra 13% do ex-prefeito várzea-grandense. Indecisos somaram 26,5% e nulos e brancos 35%.


Com apenas Wellington Fagundes na cédula, Pedro Taques aumenta a vantagem ao confrontar 27% contra 11,8% do senador. Indecisos 28% e brancos e nulos 33%.

No último cenário, a disputa fica mais equilibrada entre o governador e o Procurador Mauro, do PSOL. Nesta consulta, registra-se um empate técnico. Taques teve 25% contra 24,5% do pré-candidato socialista.  Indecisos 23,5% e brancos e nulos 26,8%.

Metodologia

A PERCENT utilizou a técnica survey de opinião, aplicando 400 entrevistas em Cuiabá. A margem de erro é de 5% para mais ou para menos. Já a coleta de dados foi realizada entre os dias 9 a 11 de março deste ano. Seguindo os trâmites legais, a pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número 00075/2018.   

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.224.91.246) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=29681 ORDER BY id DESC
  • 1
    6
    Autor:
    Ohh louco .... Jaime leva ferro em todos os cenários . O Jaime só aparece bem no Ibope ..... porque será ????
  • 1
    7
    Autor:
    Realmente o Pedro Taques tem rezão Deus e o povo vão lhe tirar do poder em 07.10.2018, vejam que a campanha nem começou e os candidatos estão próximos dos números do Pedro Taques e quando a oposição começar a mostrar os podres da gestão Pedro Taques ai ele vai despencar ainda mais e a rejeição chegará 90% e como já esperado o Mauro Mendes esta disparado a frente e o Pedro Taques com uma rejeição três vezes maior do que o segundo mais rejeitado....Portanto, o Taques pode desistir da reeleição e aceitar a derrota que é certa como dois mais dois é igual a quatro....