SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=25782 LIMIT 1
O Documento - Justiça nega recurso de ex-secretário e mantém ação sobre compra de terreno de R$ 13 milhões

SODOMA 2

Justiça nega recurso de ex-secretário e mantém ação sobre compra de terreno de R$ 13 milhões

Por: Da Redação
Marcel de Cursi deixou a prisão no último mês de julho
Marcel de Cursi deixou a prisão no último mês de julho

A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) negou recurso do ex-secretário de Estado de Fazenda, Marcel de Cursi, que solicitava o trancamento da ação que investiga a compra de um terreno na avenida Beira Rio, em Cuiabá com dinheiro de propina, investigada na segunda fase da Operação Sodoma. A decisão é de quarta-feira (11). O voto do relator, o desembargador Alberto Ferreira de Souza foi acompanhado pelos demais membros, Pedro Sakamoto e Orlando Perri, convocado em razão da declaração de impedimento de Rondon Bassil Dower Filho.

Cursi já havia entrado com recurso questionando a decisão do desembargador Alberto Ferreira de Souza, que em dezembro de 2016, negou os pedidos contidos num habeas corpus impetrado por sua defesa e ainda determinou a extinção da ação sem a análise do mérito da questão. Ele  alegava constrangimento ilegal contra a Juiza Selma Arruda e conseguiu deixar a prisão no último mês de julho, após ficar quase dois anos na cadeia.

O terreno foi adquirido por R$ 13 milhões pelo ex-secretário estadual de Administração, César Zílio e foi pago com cheques de empresas que prestavam serviços para o Governo de Mato Grosso durante a gestão de Silval Barbosa (PMDB). Os três são réus na ação que tramita na Sétima Vara Criminal de Cuiabá, sob a responsabilidade da juíza Selma Arruda.

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.91.171.137) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=25782 ORDER BY id DESC