SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=24375 LIMIT 1
O Documento - Custo da previdência de MT alcança R$ 784 milhões; alta é a 3ª maior do país

TESOURO ESTADUAL

Custo da previdência de MT alcança R$ 784 milhões; alta é a 3ª maior do país

Por: Silvana Bazani
Fonte: Especial para o Documento
O secretário estadual de Gestão, Júlio Modesto: MT se prepara para realizar o 1º censo previdenciário estadual
O secretário estadual de Gestão, Júlio Modesto: MT se prepara para realizar o 1º censo previdenciário estadual

Em Mato Grosso, o custo da Previdência para o Tesouro Estadual alcança R$ 784 milhões. A conta com os inativos e pensionistas do Estado cresceu 23% de 2015 para 2016. A alta é a 3º maior do país, segundo o Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais, divulgado nesta quinta-feira (17) pelo Tesouro Nacional.

A 1ª versão da edição de 2017 destaca o crescimento do custo previdenciário nos estados do Rio Grande do Norte e Sergipe. No primeiro, o aporte de recursos para manter a previdência passou de R$ 566 milhões em 2015 para R$ 987 milhões no ano passado, alta de 74%. Já em Sergipe, os gastos saltaram de R$ 653 milhões para R$ 949 milhões, acréscimo de 45% no mesmo período.

Segundo o Tesouro Nacional, o crescimento é indício do problema de insustentabilidade dos regimes de previdência estaduais, “tendo em vista o consumo cada vez maior de recursos financeiros, que poderiam estar sendo direcionados para atender e ampliar os serviços básicos exigidos pela sociedade”.

Apenas 3 estados reduziram o custo dos regimes previdenciários no período analisado, sendo eles o Mato Grosso do Sul (-40%) e com recuo de R$ 1,434 bilhão para R$ 861 milhões; o Acre (-14%), com queda de R$ 283 milhões para R$ 244 milhões e Santa Catarina (-8%) onde os gastos recuaram de R$ 3,314 bilhões para R$ 3,048 bilhões.

Déficit – O déficit previdenciário declarado pelo Estado de Mato Grosso é de R$ 173,42 milhões, conforme consta no Boletim divulgado pelo Tesouro Nacional. Segundo informou a Secretaria de Estado de Gestão (Seges), Mato Grosso se prepara para realizar o 1º censo previdenciário estadual. O tema foi discutido no início deste mês durante reunião ordinária do Conselho da Previdência. Segundo o secretário estadual de Gestão, Júlio Modesto, Mato Grosso apenas realizava o recadastramento anual dos servidores. Os estados que atualizaram seus bancos de dados e conseguiram economizar R$ 14 milhões são Mato Grosso do Sul, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Em Mato Grosso, a diferença entre as receitas, bens e direitos e as obrigações do MT Prev – regime de previdência próprio do Estado - apuradas para um período de 75 anos alcança R$ 42 bilhões em 2017. Denominado déficit atuarial, o valor foi estimado em R$ 22 bilhões em 2015.

 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.80.26.116) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=24375 ORDER BY id DESC