SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=30093 LIMIT 1
O Documento - Câmara tem reprovação histórica de 62%; vereadores ganham nota 3,6 da população

PESQUISA/PERCENT

Câmara tem reprovação histórica de 62%; vereadores ganham nota 3,6 da população

Por: Maksuês Leite
Fonte: Da Editoria
Neste sábado, ODOCUMENTO divulga avaliação administrativa da prefeita, Lucimar Campos (DEM)
Câmara de Vereadores de Várzea Grande tem 45,3% de ruim e péssimo; nenhum morador da cidade acha o trabalho do Legislativo ótimo
Câmara de Vereadores de Várzea Grande tem 45,3% de ruim e péssimo; nenhum morador da cidade acha o trabalho do Legislativo ótimo
Foto de ODOC/Arquivo

A exemplo do ocorreu na Capital, do outro lado da ponte, em Várzea Grande, o quadro não é diferente quando se fala no mais absoluto desgaste do Legislativo. Pesquisa realizada pela PERCENT entre os dias 22, 23 e 24 de março, em parceria com o portal ODOCUMENTO e a TV Cuiabá, apontou que 62% da população consultada não confiam nos vereadores várzea-grandenses. Cerca de 27% preferiram nem responder a pergunta do tema apresentado pelos pesquisadores e apenas 11% disseram confiar na atuação do edis de Couto Magalhães.

Para piorar ainda mais a avaliação geral da Câmara de Vereadores, presidida atualmente pelo veterano, Chico Curvo (PSD), a nota apontada pelos munícipes ao trabalho desenvolvido pelos parlamentares ficou, na média, em 3,6. Ou seja: os 21 vereadores, caso fossem avaliados pelo sistema educacional brasileiro, seriam reprovados de ano, sem direto a recuperação. Apenas 4,5% dos entrevistados deram notas elevadas entre 8 e 10 aos legisladores municipais.

A avaliação administrativa da instituição responsável por fiscalizara os atos da prefeita, Lucimar Campos (DEM), na segunda maior cidade de Mato Grosso, também é uma lástima. Entre ruim e péssimo, a Câmara de Várzea Grande atingiu 45,3%. A coluna regular totalizou 30,5% e não responderam 18%. Dos 400 entrevistados, nenhum deles citou como ótimo o desempenho do Legislativo e apenas 6,3% acenaram como boa a avaliação da Casa de Leis.

Os números da pesquisa PERCENT mostram a fragilidade de um Parlamento jogado no canto do ringue, atrelado ao Executivo e com vereadores dependentes de cargos públicos na administração para acomodar seus correligionários, em troca de apoio incondicional ao Paço Municipal. A reprovação em massa diagnosticada em campo, sem dúvida, expõe as “vísceras” do velho sistema político várzea-grandense, viciado no decano regime clientelista do toma lá e da cá.

Metodologia

PERCENT utilizou a técnica de abordagem domiciliar, aplicando 400 entrevistas em Várzea Grande. A margem de erro é de 5% para mais ou para menos. Já a coleta de dados foi realizada entre os dias 22, 23 e 24 de março deste ano. Seguindo os trâmites legais, a pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número 09025/2018.


Foto de ODOC/PERCENT


Foto de ODOC/PERCENT


 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.162.159.33) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=30093 ORDER BY id DESC
  • 0
    94
    Autor:
    Parabéns ao Instituto, a verdade serve para quem tem humildade, refletir e tentar fazer diferente ! Uma pena que 70% do legislativo encontrar se atrelado ao velho , ultrapassado e Imoral sistema político
  • 0
    135
    Autor:
    TRANSFIRO PARA ESTA câmara de "VG", OS MESMOS dizeres" que comentei da Câmara de Cuiabá...>>>>>>"""...POXA!!!Parece que os dizeres do povo (eleitores, leitores, comentaristas) está batendo com essa pesquisa. Claro!!!! que não confia e nem vão confiar. VEJA BEM!! No decorrer de 2017, a mídia, nos mostrou os seus TROPEÇOS. Um atrás do outro, nenhuma medida DENTRO, pelo contrário..., só FORA (Raríssimas exceções). Legislar em causa própria é o seu primeiro mandamento.. Não é A TOA , que é conhecida como .... "CASA DOS HORRORES Nr. 01", ... tanto desastre e desmando , que toda noticia (publicada pela mídia) , que vem dessa "CASA" a tona, não deixa de vir acompanhada por esse Apelido Depreciativo. LAMENTÁVEL..........Fim de papo ...
  • 0
    127
    Autor:
    É O ESPERADO...ORA BOLAS!!!!Segue o mesmo ritmo a de Cuiabá... UAI !!! UAI !!!! Estava querendo o QUE???? Índice de Aprovação ????? Não é a toa que a mídia, a chama de "CASA DOS HORRORES NR. 02".... Sim ... porque a de NR. 01 é a de Cuiabá. No decorrer de 2017, colecionaram ( Irmãs Gêmeas ) "escândalos" dos mais variados possíveis. Querem provas??? quem acompanhou os noticiários da mídia, ficaram cientes e contrariados..... Fim de papo ......