SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=20104 LIMIT 1
O Documento - Pesquisa aponta bairros com melhores valores de imóveis

COTAÇÃO

Pesquisa aponta bairros com melhores valores de imóveis

Por: Reportagem Local

A revista Exame - uma das principais do segmento econômico no país - acaba de publicar um amplo levantamento nas principais cidades brasileiras sobre valorização de imóveis e suas localizações.  Em Cuiabá, o preço médio do metro quadrado atingia R$ 2.597 até março deste ano. O valor é superior ao analisado em Goiânia, onde a média é R$ 2.415.

A pesquisa foi desenvolvida pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e aponta que os imóveis mais valorizados na capital mato-grossense estão localizados nas proximidades dos shoppings, variando de R$ 3,5 mil a R$ 4,2 mil por metro quadrado nos bairros Bosque da Saúde e Duque de Caxias. Nos bairros centro, Consil e Jardim Aclimação, a média de preço pode variar entre R$ 2,5 mil a R$ 3,5 mil. Já nos bairros Araés, Bandeirantes e Cidade Alta, a média fica entorno de R$ 2 mil a R$ 2,5 mil o metro quadrado do imóvel.

O preço médio identificado pelo metro quadrado em Cuiabá faz parte da menor faixa de valores identificada na pesquisa e, que compreende desde R$ 2,2 mil até R$ 3,5 mil. Além da capital mato-grossense, nesta faixa estão também Campinas (SP), Cotia (SP), Contagem (MG), Goiânia (GO), Guarulhos (SP), Indaiatuba (SP), João Pessoa (PB), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Praia Grande (SP), Ribeirão Preto (SP), São José dos Campos (SP), São José do Rio Preto (SP), São Gonçalo (RJ), São Leopoldo (RS), Sorocaba (SP) e Vila Velha (ES).

Na faixa de R$ 3,5 mil a R$ 4,5 mil estão os imóveis usados nas seguintes localidades: Barueri (SP), Cabo Frio, Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Guarujá (SP), Jundiaí (SP), Osasco (SP), Salvador (BA), Santo André (SP), Santos (SP), São Bernardo do Campo (SP), São Caetano do Sul (SP), São Luís (MA), Vitória (ES) e Taboão da Serra (SP).

Na faixa de preços médios entre R$ 4,5 mil a R$ 5,5 mil estão Belo Horizonte (MG), Niterói (RJ) e Recife (PE). Já na última faixa, que varia de R$ 5,5 mil a R$ 8,5 mil, estão relacionados Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo.

A nível nacional, o valor médio do metro quadrado de imóveis usados é avaliado em R$ 5.391 enquanto, em novos, atinge R$ 5.376. Conforme a pesquisa, os imóveis novos estão mais baratos que os usados porque os usados subiram de preço após a onda de lançamento e, também, porque os novos, agora, estão sendo construídos em regiões menos valorizadas. Além disto, a base de dados de imóveis novos é menor.

Para a pesquisa, a Fipe utilizou as informações de classificados para levantar preços anunciados de imóveis em 40 cidades, de 15 Estados e mais o Distrito Federal. Foram coletadas, também, informações de uma corretora e de incorporadoras.

 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.224.200.104) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=20104 ORDER BY id DESC