SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=38522 LIMIT 1
O Documento - Servidores aderem PDV e Estado deve ter economia de R$ 6 milhões este ano

MTI

Servidores aderem PDV e Estado deve ter economia de R$ 6 milhões este ano

Por: Da Redação
Dos 151 servidores que deixarão a MTI até julho deste ano, 43 já tiveram seus acertos de contas concluídos
Dos 151 servidores que deixarão a MTI até julho deste ano, 43 já tiveram seus acertos de contas concluídos

O Plano de Demissão Voluntária (PDV), instituído pelo governo do Estado, está recebendo adesões e garantindo rescisões de contrato com os servidores estaduais. Na Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI), antigo Cepromat, as adesões estão em fase adiantada.  A MTI foi uma das empresas do governo do Estado que correu sério risco de extinção por conta das medidas de contenção de despesas do governador Mauro Mendes (DEM), como a redução da máquina estatal e a demissão de cargos comissionados.

No dia 6 de fevereiro passado, por exemplo, a MTI fez o acerto de contas dentro do plano de demissão com quatro servidores, Ana Paulo Garcia Lourenço, que recebeu R$ 41.458,29, Renato Olavarria Filho, R$ 65.488,91, Paulo Sérgio Melo, R$ 29.746,07 e Mary Abadia Silva Costa, R$ 71.626,69.

Desde que instituído, o plano de demissão voluntária na empresa de tecnologia da informação do Governo do Estado já teve a adesão de 151 servidores. Dos 151 que deixarão a empresa até julho deste ano, 43 já tiveram seus acertos de contas concluídos. O regime, na MTI, é o da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

O programa de demissão, estendido a outras empresas da administração indireta, como Empaer e Metamat, vai garantir uma economia, somente com a adesão de servidores na Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação, ainda em 2019, de aproximadamente R$ 6 milhões.

O PDV, além de estar previsto na Emenda à Constituição Estadual 81, a PEC dos Gastos, é uma ação efetiva e estruturante dentro do processo de reforma administrativa, que traz economia financeira imediata ao Estado. Os funcionários interessados em aderir ao Programa de Demissão Voluntária precisam ter idade igual ou superior a 45 anos até a data de desligamento e o mínimo de 20 anos de trabalho até a data a demissão voluntária.

Outro critério para adesão ao PDV diz respeito a empregados com benefício de aposentadoria concedido pelo INSS até a data de desligamento. Se os interessados não preencherem a uma dessas duas exigências a adesão é considerada nula.

 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (52.91.176.251) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=38522 ORDER BY id DESC
  • 3
    3
    Autor: Rosineire
    Essa publicação com dados pessoais foi autorizado por quem recebeu? Creio que a segurança das pessoas deveriam ser garantidas e da forma que está sendo estão contribuindo com os marginais de plantão.