SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=35339 LIMIT 1
O Documento - Mato Grosso bate recorde no consumo de etanol e diesel

ALTA

Mato Grosso bate recorde no consumo de etanol e diesel

Por: Da Redação
No Brasil também nunca se consumiu tanto etanol hidratado em um único mês
No Brasil também nunca se consumiu tanto etanol hidratado em um único mês

O consumo de etanol em Mato Grosso alcançou 77,3 milhões de litros no mês de agosto, 29,5% a mais que no mesmo mês do ano de 2017. É o maior volume consumido já registrado. O Estado só chegou próximo deste número em dezembro do ano passado, quando as distribuidoras comercializaram 74,2 milhões de litros. 
Em 2018, de janeiro a agosto, já foram consumidos 529,5 milhões de litros. Com relação ao mesmo período do ano anterior, quando se consumiu 407,5 milhões de litros, também houve aumento de 29,9%. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).  

Com o preço do etanol mais vantajoso, há uma redução no consumo da gasolina. Foram 357,6 milhões de litros em 2018. Já em 2017, o consumo do derivado de petróleo ficou em 432,141 milhões de litros. “Um crescimento surpreendente na faixa de 30% do derivado de cana-de-açucar e de milho. Em muitos estados do centro e do sul, a paridade com a gasolina favoreceu o consumo de etanol hidratado (vendido nos postos de combustíveis) e tem crescido de forma significativa, especialmente em Mato Grosso e agora temos este recorde”, avalia o diretor-executivo do Sindipetróleo (Sindicato que representa os postos de combustíveis de Mato Grosso), Nelson Soares Junior. 

No Brasil também nunca se consumiu tanto etanol hidratado em um único mês como em agosto. Foram 1,818 bilhão de litros nos 31 dias do mês – um aumento de 49%.  Os preços nas refinarias subiram 46%. Para se ter melhor ideia, em agosto do ano passado, a gasolina era vendida pela Petrobras a R$ 1,360. Em agosto o valor médio chegou a R$ 1,987. “No geral, o preço da gasolina subiu por diversos fatores que fogem do controle dos postos. Podemos dizer que foi um ano de reajustes realizados pela Petrobras em suas refinarias”, explica Soares.

Diesel

O consumo de óleo diesel também registrou crescimento. Em relação a agosto do ano passado (244.660 milhões), o consumou aumentou 11,6%. Em agosto deste ano foram comercializados 273.075 milhões de litros. E no acumulado do ano, o aumento é de 5,4%. Em 2017, foram 1,817 bilhão de litros contra 1.914 bilhão de litros em 2018.

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.164.198.240) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=35339 ORDER BY id DESC