SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=31139 LIMIT 1
O Documento - Governo de MT debate escoamento de etanol de milho

PRODUÇÃO

Governo de MT debate escoamento de etanol de milho

Por: Da Redação
Mato Grosso deverá produzir cerca de 4 milhões de litros de etanol a mais nos próximos anos, devido ao crescimento do número de indústrias do ramo no Estado
Mato Grosso deverá produzir cerca de 4 milhões de litros de etanol a mais nos próximos anos, devido ao crescimento do número de indústrias do ramo no Estado

O governador Pedro Taques se reuniu nesta terça-feira (08) com representantes do setor produtivo de etanol de milho em Mato Grosso, para discutir o escoamento da produção. 

De acordo com os empresários, o Estado deverá produzir cerca de quatro milhões de litros de etanol a mais nos próximos anos. Ainda de acordo com os representantes, o excesso de oferta do produto se dará devido ao crescimento do número de indústrias do ramo no Estado. 

Um exemplo disso,é a empresa Milennium Boienergia, que está instalando uma planta no município de Jaciara, podendo gerar até 600 mil litros de etanol por dia na primeira etapa do empreendimento. 

Outra é a usina da FS Bioenergia que iniciou o licenciamento para instalação da segunda unidade da empresa no Estado, em fevereiro deste ano. Sediada em Sorriso, a segunda usina poderá produzir 680 milhões de litros de etanol por ano e gerar mais de 1.500 empregos diretos e indiretos na região norte de Mato Grosso.  

Para o presidente do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras (Sindalcool), Silvio Rangel, o excedente precisa ser levada para outros estados e pediu a redução da base de cálculo do frete para realizar o transporte. 

“Contamos com o Governo do Estado para que isto se resolva, porque no futuro podemos ter um decréscimo se não solucionar a questão do excedente por conta do crescimento do setor. Acreditamos que tenhamos mais de cinco bilhões de produção de etanol nos próximos anos, o que nos possibilitaria a ampliação do negócio em Mato Grosso, que passa por uma nova realidade de produção e o setor está aqui para poder mostrar os avanços que precisamos fazer para que tenhamos uma indústria forte.” 

O governador sugeriu levar o assunto aos membros do Consórcio Brasil Central, que é formado por oito estados e que possui personalidade própria e legalidade nos parlamentos estaduais. 

“Acredito que Mato Grosso tem um espaço muito grande para crescer em relação ao etanol, por isso temos feito as políticas necessárias para que possamos anteceder este momento histórico que passará o Estado. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico está buscando se aparelhar dos instrumentais normativos para isto e a Secretaria de Meio Ambiente também está trabalhando para que as licenças ambientais possam sair no período que as leis do mercado exigem. Isto mostra que estamos tirando o Estado daquela fase de ser um Estado atrapalhador, para ser um incentivador do setor produtivo.” 

O diretor comercial da empresa Millenium Bioenergia, Acácio Rozendo, elogiou o empenho do Governo do Estado de já se preocupar com o excedente de etanol.  

“É uma coisa que vai acontecer daqui uns dois anos e já está na pauta do Governo, que se manifestou em resolver isto o mais rápido possível. O governador teve um raciocínio muito rápido e já sugeriu discutir o assunto no consorcio, no qual é presidente. Se os Estados se unirem o excedente produzido em Mato Grosso poderá ser levado para fora. Estamos satisfeitos com isto.” 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.162.184.214) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=31139 ORDER BY id DESC