SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=30074 LIMIT 1
O Documento - Confiança do empresário cresce 4% no primeiro trimestre de 2018

CUIABÁ

Confiança do empresário cresce 4% no primeiro trimestre de 2018

Por: Da Redação
 O índice partiu de 122,8 pontos em janeiro e atingiu 127,8 pontos em março
O índice partiu de 122,8 pontos em janeiro e atingiu 127,8 pontos em março

A pesquisa que mede o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgada nesta quinta-feira (29), pela Fecomércio-MT, teve um salto de 4% no primeiro trimestre desse ano. O índice partiu de 122,8 pontos em janeiro e atingiu 127,8 pontos em março. A variação positiva da pesquisa é ainda maior se compararmos o mês de março deste ano, com março do ano passado, quando o ICEC registrava 109,8 pontos. A Confiança dos empresários saltou 16,4% de um ano para outro.

O presidente da Fecomércio-MT, Hermes Martins da Cunha, acredita que a recuperação do comércio, baseada no consumo das famílias, tem contribuído para a avaliação positiva da pesquisa. “O processo de recuperação, mesmo que lento, do emprego e da renda tende a impulsionar ainda mais a confiança dos empresários. A expectativa é de avanço nos próximos meses”, afirmou Hermes.

O índice que mede a Expectativa do Empresário do Comércio na capital (IEEC) teve crescimento de 0,5% na comparação com o mês anterior e atingiu 168,7 pontos em março, contra 167,7 pontos registrado em fevereiro. A alta se deve a expectativa de melhora na economia brasileira, que registrou aumento de 1,2% no mês sobre o mês anterior. Para empresas com mais de 50 empregados, o crescimento observado foi de 2,1% de um mês para outro.

Já o Índice de Investimento do Empresário do Comércio (IIEC) teve resultado positivo de 1% na variação mensal da pesquisa, com 106,6 pontos registrado em fevereiro e 107,7 pontos em março. Os componentes que avaliam o Indicador de Contratações de Funcionários e o de Investimento nas Empresas puxaram a alta no mês, com alta de 2,8% em cada.

A Fecomércio-MT e a CNC preveem que o comércio registre alta de 5,2% em 2018, podendo resultar no maior crescimento das vendas desde 2012. “Esse cenário se baseia na continuidade de preços em baixa em curto prazo, além de uma expectativa de recuo no custo do crédito e recuperação do emprego e da renda ao longo do ano”, concluiu Hermes.

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.162.118.107) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=30074 ORDER BY id DESC