SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=21667 LIMIT 1
O Documento - Fávaro se reúne com Maggi para apresentar projetos da agricultura familiar

INVESTIMENTOS

Fávaro se reúne com Maggi para apresentar projetos da agricultura familiar

Por: Da Redação
O vice-governador esteve com o ministro em Brasília, juntamente com o presidente da Empaer-MT e o presidente da Coopnoroeste
O vice-governador esteve com o ministro em Brasília, juntamente com o presidente da Empaer-MT e o presidente da Coopnoroeste
Foto de Fernando Rodrigues

O vice-governador Carlos Fávaro se reuniu com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, em Brasília, para obter recursos para o desenvolvimento de dois projetos relevantes para agricultura familiar no estado. O primeiro, trata-se de fomento à cadeia produtiva da psicultura e, o segundo, refere-se à diversificação da produção da Cooperativa Agropecuária do Noroeste de Mato Grosso Ltda (Coopnoroeste. O presidente da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer-MT), Layr Mota da Silva, e o presidente da Coopnoroeste, Misael Barreto, também participaram da reunião, que ocorreu nesta terça-feira (09-05).

“Os dois projetos são extremamente importantes para o nosso estado porque beneficiam pequenos produtores de muitas cidades: o da Coopnoroeste inclui 14 municípios da região Oeste, e o projeto da psicultura prevê a cobertura de 13 municípios da região do Vale do Rio Cuiabá, a mais populosa do estado, com cerca de um milhão de habitantes. São ações que irão gerar renda e qualidade de vida a essas famílias que dependem da terra para viver”, destacou Fávaro.

Segundo o presidente da Empaer-MT, o projeto ‘Fomento à Cadeia Produtiva da Psicultura na Região do Vale do Rio Cuiabá’, tem o custo estimado em R$ 4.813.206,75 e atenderá os municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do  Livramento, Nobres, Rosário Oeste, Acorizal, Jangada, Chapada dos Guimarães, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Santo Antônio de Leverger, Poconé e Barão de Melgaço.

“É um projeto-piloto que prevê aproximadamente 20 viveiros por município, o que beneficiará 260 agricultores. Para chegar a esses números, a Empaer-MT realizou um estudo nessas cidades e levantou o potencial e os possíveis beneficiados. A atividade da psicultura nessa região é bastante favorecida, pois apresenta condições propícias de solo e topografia, além de mercado consumidor”, explicou ele.

De acordo com o levantamento da Empaer-MT, existem cerca de 16 mil famílias que vivem e trabalham em regime de economia familiar. Dessas, pouco mais de cinco mil estão distribuídas em 218 comunidades tradicionais e mais de 9 mil são famílias assentadas em 168 projetos de assentamento. O diretor de Pesquisa e Fomento da Empaer-MT, Antonimar Marinho dos Santos, que também participou da reunião, ressaltou que, caso seja aprovado, o projeto tem início previsto para 1º de junho.

“As 260 famílias que deverão ser beneficiadas desejam diversificar a atividade agropecuária de sua Unidade de Produção Familiar (UPF). A Empaer prestará assistência técnica, capacitando o pequeno produtor para que, após um ano, seja criado um fundo da venda obtida do pescado para que possam cuidar do seu próprio negócio”, disse ele.

Após a apresentação do projeto, o presidente da Coopnoroeste, Misael Barreto, explicou, ao ministro Maggi, a proposta de diversificação da produção da Cooperativa. “A Coopnoroeste tem 42 anos de atividade focada no leite e derivados, mas o nosso objetivo é ampliar a produção com a industrialização de polpas de frutas. Como 90% dos nossos associados são pequenos produtores e cultivam frutas, enxergamos a possibilidade de diversificar. Nós temos frutas, terreno e toda a logística necessária, mas precisamos de recursos para adquirir máquinas despolpadeiras para iniciar a produção”.

Segundo ele, ente muitas frutas da região, destacam-se a manga, goiaba, caju, laranja, acerola, maracujá, abacaxi e mamão. “Os pequenos produtores podem agregar valor com as plantações que já possuem e, ainda, irão contar com a assistência técnica da Empaer-MT para auxiliar no cultivo. Eu vim do campo e conheço o dia a dia e as dificuldades do pequeno produtor. Se conseguirmos a aprovação desse projeto, muitas famílias serão beneficiadas”, garantiu ele.

Hoje, o principal produto da Coopnoroeste, marca Lacbom, é o leite UHT longa vida, entretanto outros produtos são comercializados, como vários tipos de queijo e doce de leite. A cooperativa abrange os municípios do Vale do Jauru: Araputanga, São José dos Quatro Marcos, Mirassol D’ Oeste, Indiavaí, Jauru, Reserva do Cabaçal, Glória D’Oeste, Figueirópolis D´Oeste, Salto do Céu, Rio Branco, Pontes de Lacerda, Cáceres e Porto Esperidião.

O valor orçado para o projeto de diversificação é de R$ 780 mil, cabendo R$ 480 mil ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e R$ 300 mil à Cooperativa. Durante a reunião, o vice-governador reforçou que a iniciativa beneficiará a cooperativa, os cooperados e toda a região. “São 1.200 famílias que dependem da Cooperativa. A diversificação irá gerar melhoria de renda e de qualidade de vida para as pessoas que vivem nesses municípios”.

O ministro Blairo Maggi demonstrou interesse pelos dois projetos apresentados. “É bastante interessante a realização dessas ações voltadas para a agricultura familiar em Mato Grosso, que é um estado eminentemente agrícola. Juntamente com minha equipe iremos avaliar os projetos e, em breve, informaremos o resultado. Estou sempre disposto a contribuir para o desenvolvimento do meu estado”, afirmou.  

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.162.19.123) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=21667 ORDER BY id DESC