SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=19914 LIMIT 1
O Documento - Prefeitura prevê investir R$ 58 milhões no Morro da Luz e Mercado do Porto

CUIABÁ 300 ANOS

Prefeitura prevê investir R$ 58 milhões no Morro da Luz e Mercado do Porto

Por: Silvana Bazani
Fonte: Especial para o Documento
Intervenções no Morro da Luz devem começar no próximo ano
Intervenções no Morro da Luz devem começar no próximo ano
Foto de Reprodução

A prefeitura de Cuiabá finaliza o projeto de reestruturação do Mercado do Porto que já está com R$ 8 milhões assegurados por meio de emendas parlamentares. O recurso garantido por dois senadores (Blairo Maggi-PP e Welligton Fagundes- PR) e dois deputados (Valtenir Pereira-PMDB e Carlos Bezerra-PMDB) será destinado para melhoria da Feira do Porto, local de intensa visitação.

Conforme expôs o secretário municipal de Planejamento, Jesus Lange Adrien Neto a intenção é tornar o espaço mais atrativo para os visitantes e mais confortável para os permissionários que comercializam os produtos. “Até junho vamos apresentar o projeto para a Caixa (Econômica Federal)”, garantiu o secretário municipal.

Em dezembro do ano passado, a prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, e a Organização do Mercado do Porto e Permissionários assinaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público Estadual (MPE) para melhorar a qualidade dos serviços no Mercado Antônio Moisés Nadaf, popularmente conhecido como Mercado do Porto.

Além do Mercado municipal, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB) pleiteou à bancada federal de Mato Grosso recursos para revitalização do Morro da Luz, que demandará R$ 50 milhões de investimento, conforme projeto preliminar. O Morro da Luz é tombado pelo Patrimônio Histórico de Cuiabá desde 1983. “Determinamos aos arquitetos que acelerassem esse projeto para que em 60 dias a bancada tenha esse projeto arquitetônico para em seguida levar ao governo federal”, expôs Adrien. Ele prevê que as intervenções no local possam ser iniciadas no próximo ano. “Tem que fazer convênio com o Ministério do Turismo e com a Caixa, que repassará o recurso”. Em seguida, poderá ser feita a licitação para a obra.

A intenção é desenvolver um projeto integrado de revitalização da área verde com o Centro Histórico de Cuiabá e com as diversas igrejas da região central. O secretário de Planejamento afirmou que foi preciso realinhar convênios anteriores. “O município tinha no ano passado R$ 50 milhões disponibilizados por Brasília e contratou só metade disso, cerca de R$ 25 milhões. Perder uma quantia dessas é muito ruim para o município”.

Adrien diz que os convênios firmados com recursos das emendas parlamentares são importantes para o município inclusive por envolver uma contrapartida pequena, em torno de 3%. “É praticamente um dinheiro a custo zero para a prefeitura e que complementa a receita própria”. Para evitar a repetição desses problemas, afirma que a prefeitura estruturou uma equipe para acompanhar o trâmite dos convênios e a prestação de contas. 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.147.239.111) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=19914 ORDER BY id DESC
  • 0
    0
    Autor:
    Entre o morro da Luz e a igreja de São Benedito, ruínas e construções abandonadas, servem de abrigo para drogados e prostituição além de denegrir tão belos icones culturais do nosso Município. Até quando o descaso vai tomar o lugar do belo??
  • 1
    3
    Autor:
    Tem que abrir aquele curral do bode, fazer um grande estacionamento, público, ali. Ai sim, teríamos, os cuiabanos, um local confortável. Agradável lá já é, só é desconfortável mesmo.