SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=35341 LIMIT 1
O Documento - Marcelo Adnet diz que foi ameaçado após imitar candidatos

REDES SOCIAIS

Marcelo Adnet diz que foi ameaçado após imitar candidatos

Por: G1
Em conversa com Pedro Bial, Adnet afirmou que "comediante trabalha com medo"
Em conversa com Pedro Bial, Adnet afirmou que "comediante trabalha com medo"

Um dos maiores nomes da atual geração do humor brasileiro, Marcelo Adnet deu um verdadeiro show na série "Tutoriais dos Candidatos" para o jornal "O Globo". Convidado do Conversa com Bial desta quarta-feira, (10), o ator ficou surpreso ao ser ovacionado pelo público presente no estúdio do programa: "A plateia gritou, foi muito carinhosa e estranhei porque estou acostumado a ser atacado e odiado".

Alvo de fake news, o humorista afirmou que chegou a ser ameaçado nas redes sociais: "Hoje o comediante não pode atuar com tranquilidade, trabalha com medo. Porque ele é xingado, ameaçado... É um clima muito ruim para a democracia".

 "A gente não pode exercer nossa profissão com tranquilidade. Rola um terrorismo diário".

Durante o papo, Adnet imitou os candidatos à Presidência da República, que participaram do primeiro turno da campanha eleitoral de 2018, e revelou que sua empresária o aconselhou a recusar o convite do jornal carioca: "Aceitei porque acho que a gente tem que participar do debate. O humor faz parte disso".

O artista contou que decidiu satirizar os políticos de cara limpa e não se apoiar na caracterização. Por isso, investiu na voz e nos discursos dos presidenciáveis sempre com a preocupação de trabalhar em cima do real - usando uma "régua" jornalística na hora de criar suas versões de figuras públicas tão conhecidas: "Meu método de criação é investigativo".

"Fico trancado em uma sala com um computador ouvindo os políticos falando em suas principais sabatinas".

 "Vou anotando no papel toda as frases que acho significativas, os vícios de linguagem e tudo que acho relevante".

 Satisfeito com a repercussão de seu trabalho, Adnet afirmou que, de alguma forma, ajudou as pessoas a refletirem um pouco sobre o tema: "Teve muita gente que pensou".

"Eu mesmo pensei e aprendi muito. Para imitar cada candidato, me informei bastante".

O humorista, que fez sua primeira imitação política aos sete anos - na campanha eleitoral de 1989 -, avisou que vai dar continuidade ao projeto com novos vídeos dos candidatos que disputarão o segundo turno das eleições: "Amanhã vou gravar o primeiro lá em casa". "Estou pensando o que fazer".

É spoiler que você quer, @?

"Vou gravar um teaser com participações especiais como o presidente Michel Temer", adiantou Adnet.

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.164.198.240) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=35341 ORDER BY id DESC