SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=19959 LIMIT 1
O Documento - Laudo foi negativo para lesão corporal da mulher de Victor

SEM AGRESSÃO

Laudo foi negativo para lesão corporal da mulher de Victor

Por: Terra

Depois de ouvir um depoimento de duas horas de Victor Chaves e verificar os exames do Instituto Médico Legal (IML) feitos em Poliana Bagatini Chaves, mulher do cantor, a Divisão de Polícia Especializada da Mulher constatou que o resultado por lesão corporal na empresária é negativo. De acordo com Danúbia Quadros, delegada à frente da investigação, o inquérito ainda não foi concluído, mas afirmou: "Deu negativo para lesões aparentes na vítima". Agora, a polícia aguarda a análise das câmeras de segurança para poderem concluir o caso.

"No dia em que a vítima nos procurou, no sábado, na manhã do dia 25, ela não quis representar em desfavor do investigado, não requereu medidas protetivas, e mesmo relatando não estar com lesões aparentes, foi encaminhada imediatamente ao IML e o laudo saiu, e deu negativo para lesões aparentes na vítima", afirmou a delegada durante uma coletiva aberta para a imprensa nesta segunda-feira (13).

Entretanto, Quadros frisou que o laudo do exame do IML não é, sempre, conclusivo. "Lesão corporal e agressão/vias de fato são coisas diferentes. Empurrões, tapas e posturas que não deixem a vítima lesionada não aparecem no exame de corpo de delito, não deixam vestígios. Agora ele está sendo investigado por agressão/vias de fato", explicou.

Além do sertanejo, sua mãe e a irmã também prestaram depoimento, todos acompanhados de seus advogados. Lá, o cantor reforçou que não agrediu sua mulher: "Segundo as declarações prestadas pelo investigado, houve um desentendimento familiar causado por ter levado a filha para o apartamento da mãe. A vítima, Poliana, teria ficado muito nervosa, pois estava muito insatisfeita com essa situação. O investigado, pelo fato dele estar muito preocupado dela sair naquele estado com o bebê, teve que contê-la para evitar um prejuízo maior para a menina. Segundo ele, não agrediu a vítima, não chutou a perna da vítima e não a empurrou ao chão".

Ao prestar a queixa e acusar Victor de agressão, a empresária afirmou que o artista a teria empurrado e chutado por diversas vezes, mas a polícia ainda precisa averiguar as imagens das câmeras de segurança do prédio. "Segundo apurado, nenhum vizinho, porteiro ou funcionário, presenciou a agressão. Existe um circuito de filmagem no prédio. Em um primeiro momento, o condomínio não quis fornecer a cópia das filmagens. Então, tivemos que entrar com uma medida judicial para ter acesso as imagens. Todas as provas são importantes e serão levadas em consideração para indiciar ou não, o acusado. A Polícia trabalha com provas. Se realmente houve a agressão, ele será indiciado no artigo 21. ", concluiu a policial, que não quis adiantar detalhes do vídeo.

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.224.128.175) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=19959 ORDER BY id DESC