SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=22695 LIMIT 1
O Documento - Jornalista da TV Globo é hostilizado em aeroporto

INTOLERÂNCIA

Jornalista da TV Globo é hostilizado em aeroporto

Por: Veja.com
Alexandre Garcia, mais uma vítima da intolerância da esquerda
Alexandre Garcia, mais uma vítima da intolerância da esquerda
Foto de Reprodução

Depois do episódio de intolerância vivido pela jornalista Mirian Leitão, da TV Globo e do jornal O Globo, hostilizada dentro de um avião por militantes do PT, o jornalista Alexandre Garcia, também do grupo Globo, passou pela mesma experiência lamentável nesta quinta-feira. Acompanhado da mulher, Magda Pereira, Garcia foi sucessivamente ofendido por um militante de esquerda antes de embarcar e durante o voo que o levou do aeroporto de Brasília ao aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O rapaz estava no mesmo voo, o 1700, da companhia aérea Gol, e registrou as hostilidades ao jornalista em um vídeo, que circula em redes sociais e no YouTube. Ainda na fila do embarque, ele grita palavras de ordem contra a Rede Globo e Alexandre Garcia, acusando-os de terem apoiado a ditadura militar, e chama o jornalista diversas vezes de “golpista”.

“Que legal que a gente vai no mesmo voo. Golpista! Vai ter mimimiriam Leitão? Alexandre, você também vai soltar notinha se vitimizando igual à Miriam Leitão?”, grita o rapaz. “Vai chamar a Polícia Federal? Vai ter mimimi? Vai dizer que é ódio? Vocês que incentivam o ódio contra o PT, o PCdoB, contra a esquerda”, continua. As agressões verbais seguiram até a entrada de Garcia no avião, quando ele foi xingado de “cagão”. O jornalista não respondeu às provocações.

A VEJA, Alexandre Garcia relata que os ataques do rapaz começaram ainda no saguão do aeroporto e, embora tenham cessado durante o voo, foram retomados quando a aeronave pousou na capital mineira. “Vi que tinha um sujeito gritando atrás de mim, enlouquecido. É o momento dele aparecer, parecia que estava fora de si. Disse que o destino marcou esse encontro, que nos colocou no mesmo voo. Ele veio gritando desde o balcão”, diz.

Mesmo diante dos ataques ao jornalista na fila para embarcar, os dois funcionários da Gol responsáveis por conferir as passagens não tomaram nenhuma providência para resguardá-lo, como mostra o vídeo. As imagens mostram, no entanto, que, durante a entrada dos passageiros no avião, o comandante chama o jornalista à entrada da cabine e conversa com ele.

Segundo Alexandre Garcia, o piloto disse que poderia retirar o rapaz do voo, mas que ele, Garcia, não concordou com a medida. “A aeromoça da Gol tomou a iniciativa de chamar o comandante, que queria expulsá-lo do avião, mas não deixei. É alguém que quer aparecer. E ele acabou voando graças a mim”, ironiza o jornalista. “Era uma pessoa muito alterada, não dei muita importância”, afirma.

Alexandre Garcia relata que, diante da gritaria do jovem contra ele, o ex-deputado federal do PT e ex-ministro Sigmaringa Seixas lhe prestou solidariedade no aeroporto de Brasília. Ao contrário das hostilidades a Miriam Leitão, atacada por alguns militantes petistas em um voo de Brasília ao Rio de Janeiro, o detrator de Garcia agiu sozinho.

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.80.219.137) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=22695 ORDER BY id DESC