SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=24057 LIMIT 1
O Documento - Flor Ribeirinha vence mundial de folclore na Turquia

DANÇA TÍPICA

Flor Ribeirinha vence mundial de folclore na Turquia

Por: Da Redação
Evento é considerado o maior do mundo na categoria
Evento é considerado o maior do mundo na categoria

 O grupo cuiabano Flor Ribeirinha foi o vencedor do Festival Internacional de Arte e Cultura, realizado em Istambul, na Turquia. O espetáculo "Mato Grosso Dançando o Brasil" conquistou o coração dos jurados e desbancando grupo de outros 25 países que participaram da competição, que iniciou em 27 de julho e terminou na neste sábado (06). Grupo contou com apoio do Governo do Estado para a viagem.

O espetáculo escolhido foi o Mato Grosso Dançando o Brasil, em que o grupo faz uma passagem pelas danças típicas do Brasil. No entanto, o diretor-executivo do grupo, Jeferson Guimarães Rosa, conta que o foco do grupo é o siriri, dança típica mato-grossense. A alegria do siriri conquistou os dez jurados técnicos internacionais.  

“A energia do boi bumba do Norte do país e a alegria do siriri fizeram uma grande diferença em todos os lugares que nós vamos. O siriri cuiabano agrega e o público se aconchega a essa energia e se sente bem com toda essa alegria e acho que isso fez diferença aqui”, disse o diretor executivo.

Como campão mundial, o grupo Flor Ribeirinha ganha ainda mais destaque internacional, com uma projeção ainda maior. O grupo passa a representar o Brasil em eventos de danças tradicionais pelo mundo. “A expectativa é continuar com o trabalho, o Flor Ribeirinha passa a ser um representante de maior visibilidade e projeção. Dessa forma, não só o grupo ganha, mas toda a cultura popular brasileira e mato-grossense”, afirma o diretor.

Atualmente, o grupo possui pouco mais de 50 membros entre músicos, dançarinos e produção. Para possibilitar a apresentação do grupo, o Governo de Mato Grosso, através da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), liberou R$ 150 mil ao grupo mato-grossenses, recursos aprovados pelo conselho estadual. Jeferson destaca que o apoio foi fundamental para a conquita. “Se o governo não tivesse nos apoiado, nós não estaríamos aqui, não conseguiríamos chegar onde chegamos. Graças a Deus e ao nosso governo deu tudo certo. Quero parabenizar a equipe do governo”, destacou.    

Visibilidade Internacional

Jeferson destaca que tudo começou quando o grupo foi selecionado pela Federação Brasileira de Artes Populares (Febrarp) para fazer uma turnê pela França, há quatro anos, sendo o grupo cuiabano selecionado entre mais de 500 grupos. Depois disso, passaram a fazer turnê pela Europa, e, em 2016 participaram de um campeonato na Coreia do Sul, onde ficaram com vice-campeões. O prêmio gerou convite para o campeonato em Istambul. 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.224.102.26) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=24057 ORDER BY id DESC