SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=32777 LIMIT 1
O Documento - TJ adia julgamento de HCs de empresários acusados de esquema de R$ 30 milhões

BERERÉ 2

TJ adia julgamento de HCs de empresários acusados de esquema de R$ 30 milhões

Por: Da Redação
Julgamento foi adiado devido licença médica do relator do caso no TJ. Empresários estão presos desde 9 de maio
Julgamento foi adiado devido licença médica do relator do caso no TJ. Empresários estão presos desde 9 de maio

O Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) adiou nesta quinta-feira (12), os julgamentos de dois habeas corpus que pediam a revogação das prisões dos empresários José Kobori e Roque Anildo Reinheimer. Ambos foram presos no dia 9 de maio durante a “Operação Bônus”, segunda fase da “Bereré”, acusados de participarem de um esquema que movimentou mais de R$ 30 milhões em propina por meio de um contrato firmado pela EIG Mercados (antiga FDL Serviços) com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) para registro de contratos de financiamento de veículos 

O julgamento foi adiado em razão da ausência do relator do caso no Poder Judiciário Estadual, o desembargador José Zuquim Nogueira, que passou por procedimento cirúrgico e está temporariamente afastado da função.

Roque era sócio da Santos Treinamento, empresa de fachada usada para receber parte da propina desviada de contrato firmado pela EIG Mercados com o Detran. Já Kobori é acusado de ter repassado propina ao advogado e ex-secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, em troca da manutenção do contrato que o Governo do Estado mantinha com a EIG Mercados. 

Kobori teria repassado R$ 2,6 milhões a Paulo Taques. Além de Roque e Kobori, também foram presos na operação Paulo Taques, seu irmão, Pedro Zamar Taques, o ex-deputado estadual Mauro Savi (DEM) e o empresário Claudemir Pereira dos Santos, vulgo “Grilo”. Ao todo, o Ministério Público Estadual (MP) denunciou 58 pessoas, incluindo políticos, ex-políticos e outros empresários.

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.221.75.68) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=32777 ORDER BY id DESC