SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=30514 LIMIT 1
O Documento - TCE determina auditoria em contratos do Detran após deflagração da "Operação Bereré "

INVESTIGAÇÃO

TCE determina auditoria em contratos do Detran após deflagração da "Operação Bereré "

Por: Da Redação
Auditoria fará uma análise detalhada dos contratos formados pelo órgão
Auditoria fará uma análise detalhada dos contratos formados pelo órgão

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou auditoria no Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran/MT). A portaria designou que dois servidores façam um levantamento sobre a organização do órgão, bem como uma análise detalhada dos contratos firmados.

Farão o levantamento os auditores públicos externos Bruno de Paula Santos Bezerra, que fará a supervisão dos trabalhos, Bruno Alberto Zys e Marlos Siqueira Alves. O despacho com a definição da comissão foi assinado pelo conselheiro Domingos Neto, presidente do TCE. “Compete diretamente à Comissão requisitar acesso aos sistemas informatizados, informações e documentos necessários à realização de seu trabalho, com fundamento no artigo 215 da Constituição Estadual, no artigo 36, § 1º, da lei Complementar Estadual nº 269/07 (LOTCE-MT) e no artigo 153 da Resolução Normativa nº 14/2007/TCE-MT”, diz trecho da publicação.

Em fevereiro, o Detran foi alvo da Operação Bereré, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (GAECO) e Núcleo de Ações de Competência Originária (NACO), para apurar um esquema fraudulento que desviou pelo menos R$ 27 milhões.

A operação foi baseada na delação do ex-presidente do Detran, Teodoro Moreira Lopes, o "Dóia". O acordo foi celebrado há cerca de dois anos, porém, homologado no final de janeiro pelo Tribunal de Justiça. Os pagamentos ilegais ocorriam por meio de um contrato entre a EIG e a Santos Treinamentos, empresa de "fachada" criada apenas para receber os pagamentos referentes ao contrato. Durante a operação foram cumpridos dezenas de mandados de busca e apreensão, que tiveram como alvos políticos, ex-políticos e empresários.

 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.198.78.121) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=30514 ORDER BY id DESC