SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=24224 LIMIT 1
O Documento - Silval revela pagamento de R$ 6 milhões a Éder; Bezerra levou R$ 4 mi de propina

VEJA VÍDEO

Silval revela pagamento de R$ 6 milhões a Éder; Bezerra levou R$ 4 mi de propina

Por: Da Editoria
Ex-governador, Silval Barbosa (PMDB): primeiro ex-governador do Brasil a virar delator premiado
Ex-governador, Silval Barbosa (PMDB): primeiro ex-governador do Brasil a virar delator premiado
Foto de ODOC

A delação premiada do ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), foi tema de abertura do Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão nesta sexta-feira (11). O maior telejornal do Brasil conseguiu, com exclusividade, acesso a colaboração de Silval, que até então estava sob absoluto sigilo, decretado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Durante seis minutos, a Globo explorou trechos do depoimento do ex-governador. De acordo com o Jornal Nacional, Silval delatou uma suposta compra do ex-secretário de Fazenda de Mato Grosso, Éder Moraes.

Segundo a delação, Silval e o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi (PP), fizeram uma “vaquinha” de R$ 6 milhões para forçar Éder a se retratar de uma delação feita por ele, em 2014, a Polícia Federal.

Na época, Éder denunciou ao Ministério Público Estadual (MPE) que a vaga do conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado, Alencar Soares, teria sido vendida, por R$ 12 milhões, ao ex-presidente da Assembleia Legislativa, Sérgio Ricardo. Ainda de acordo com Silval, para voltar atrás e se retratar da delação, o ex-secretário de Fazenda recebeu R$ 3 milhões dele e outros R$ 3 milhões de Maggi, via dinheiro vivo.

Na delação explosiva ao STF, Silval revelou que teria entregue uma mala de dinheiro ao deputado Federal, Carlos Bezerra, presidente regional do PMDB, mesmo partido do delator. De acordo com Silval, na mala, Bezerra recebeu R$ 4 milhões também em espécie.

A reportagem do Jornal Nacional também mostrou que o atual senador, Wellington Fagundes (PR), teria sido beneficiado com dinheiro desviado dos cofres públicos, durante a gestão de Silval, para quitar dívidas de campanhas eleitorais.

   

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.146.50.80) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=24224 ORDER BY id DESC
  • 0
    3
    Autor:
    Parabéns Silval tem k jogar no ventilador mesmo kkkkkkkkkkk