SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=25758 LIMIT 1
O Documento - Maluf nega participação em esquema na Seduc e diz que é acusado sem provas

RÊMORA

Maluf nega participação em esquema na Seduc e diz que é acusado sem provas

Por: Da Redação
Deputado negou qualquer participação em esquema em obras da Seduc
Deputado negou qualquer participação em esquema em obras da Seduc

O deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) afirmou por meio de nota divulgada por sua assessoria de imprensa na tarde desta quarta-feira (11), que recebeu com “estranheza” a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), que o acusa de integrar o núcleo de liderança de organização criminosa, corrupção passiva (20 vezes) e obstrução à Justiça, no âmbito da Operação Rêmora. “O deputado estadual Guilherme Maluf recebeu com estranheza a denúncia do MPE, já que durante toda a investigação não foi apresentada nenhuma prova contra ele”, diz trecho da nota. 

Consta na denúncia, que o deputado estadual teve a mesma participação de seu primo, o empresário Alan Malouf na organização criminosa que operava na secretaria estadual de Educação (Seduc). Maluf é acusado de integrar o núcleo de liderança da organização, sendo beneficiário direto de parcela da propina arrecadada, além de se valer das influências políticas proporcionadas pelo cargo eletivo para promover as articulações necessárias para o desenvolvimento dos esquemas criminosos voltados para solicitação e recebimento de propinas. “O deputado contesta com veemência a tese de ‘embaraçamento’ da investigação ou tentativa de intimidação de qualquer dos acusados, argumento falso utilizado por um deles para sair da cadeia”.

Maluf afirmou também que confia na Justiça e que está à disposição para quaisquer esclarecimentos. O deputado reafirma que não tem envolvimento com qualquer possível irregularidade ocorrida na secretaria de Educação e que confia na justiça, onde comprovará sua inocência”, diz a nota.

Conforme o MPE, o núcleo de liderança da organização tinha ainda a participação do ex-secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto Filho. Segundo o MPE, foi Alan Maluf que articulou junto ao ex-secretário de Educação a inserção de Giovani Belatto Guizaardi, pessoa de sua confiança com quem guarda parentesco, na condição de operador de cobrança e recebimento de vantagens ilícitas relacionadas a obras públicas da Seduc, garantindo assim o pleno controle sobre as atividades ilícitas do grupo delituoso.

O MPE sustenta ainda que as investigações demonstram que Permínio Pinto Filho, Alan Maluf e Guilherme Maluf se mantinham “nas sombras”, comandando e agindo por pessoas interpostas que se encontravam nas demais camadas da organização.

 

 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.81.131.189) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=25758 ORDER BY id DESC