SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=33483 LIMIT 1
O Documento - Juiz determina que Facebook retire vídeo de Selma Arruda e mais dois candidatos

PROPAGANDA ILEGAL

Juiz determina que Facebook retire vídeo de Selma Arruda e mais dois candidatos

Por: Da Redação
De acordo com ação do MP Eleitoral, vídeo mostra evento onde foram distribuídos adesivos com o nome da candidata
De acordo com ação do MP Eleitoral, vídeo mostra evento onde foram distribuídos adesivos com o nome da candidata

O juiz Jackson Coutinho, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), determinou que o Facebook exclua, em até 48 horas,  sob pena de multa diária no valor de R$ 1 mil, um vídeo publicado na rede social sobre o vento “1º Pedágio Pró-Bolsonaro em Cuiabá”, realizado em um posto de combustível na Avenida Fernando Corrêa da Costa. O evento teve a presença da candidata ao Senado, Selma Arruda (PSL).  A decisão foi publicada nesta quinta-feira (9) e levou em conta a existência de propaganda irregular.

Durante o evento, foram distribuídos adesivos com o nome da então pré-candidata Selma, oferecidos pelos participantes do evento e colados em veículos apoiadores da pré-campanha. “Me convenci da existência de indícios suficientes para a caracterização de propaganda eleitoral antecipada a justificar adoção de medidas proibitivas”, afirmou o magistrado em sua decisão.

De acordo com o Ministério Público Eleitoral (MPE), cidadãos que passavam pelo local também receberam os adesivos, assim como um discurso de apoio à pré-candidatura.

A decisão também atinge o candidato a deputado estadual Rafael Yonekubo (PSL) e o postulante a deputado federal Rafael Ranalli (PROS), por prática de propaganda eleitoral antecipada. Os dois aparecem em um vídeo publicado no YouTube e também no Facebook, distribuindo adesivos com os dizeres "Juíza Selma". Os fatos foram noticiados na mídia regional e colocam como organizador do evento Rafael Yonekubo.

Os três serão intimados a apresentarem informações quanto ao valor pago com a distribuição de adesivos, quem foi o responsável pelo pagamento e os documentos que comprovem as informações, como nota fiscal e cupom fiscal.

 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.80.102.170) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=33483 ORDER BY id DESC