SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=3680 LIMIT 1
O Documento - Galli denuncia Luciano Huck por incentivo à pedofilia

APOLOGIA AO CRIME

Galli denuncia Luciano Huck por incentivo à pedofilia

Com imagens de crianças (meninas) convidando "vem a mim que estou fácil", apresentador global faz propaganda do estupro infantil
Galli: é preciso que se puna e se observe atitudes como a do apresenatador
Galli: é preciso que se puna e se observe atitudes como a do apresenatador

A marca “Use Huck”, de propriedade do apresentador global Luciano Huck, está envolvida em nova polêmica. Depois de sofrer críticas por ter lançado uma camiseta com a estampa “Somos todos macacos”, aproveitando-se do episódio de racismo sofrido pelo jogador Daniel Alves, desta vez, a marca de camisetas do apresentador trouxe uma estampa da linha infantil com os dizeres “Vem ni mim que eu tô facin”.

 O fato gerou revolta nas redes sociais e repúdio no meio político. O deputado federal Victório Galli (PSC) viu com tristeza e indignação a campanha publicitária da marca “Use Huck”, cujo anúncio foi veiculado em alusão ao Carnaval e retirado do ar devido a grande polêmica nas redes sociais. Conforme o deputado, a campanha fez apologia à pedofilia. “É uma campanha irônica, desrespeitosa e, embora tenham dado justificativas no próprio site, o dano foi causado”, disse. 

Galli considera a justificativa tão criminosa e de mal gosto quanto a propaganda, pois, disseram que a camiseta em questão era para maiores de idade, não para crianças: "Ora, continua sendo uma camiseta imoral e de péssimo gosto. Isso não é um pequeno lapso ou um erro de estagiário, é uma mensagem abominável e criminosa feita por uma equipe de profissionais de marketing sem senso de valor moral ou irresponsáveis", disparou o federal.  

Victório revelou através de seu facebook desânimo no que se refere a uma punição ao proprietário do site, mas reforça que estará atento, vigilante, denunciando e, que, irá cobrar responsabilidades pelo ocorrido. Pelo anúncio, a camiseta era vendida por R$ 59,90 à vista, ou em cinco parcelas de R$ 11,98. Uma criança foi usada como modelo da peça publicitária.

Uma criança convida: vem a mim .... / campanha publicitária da marca de Hulk é cotestada e condenada pelo deputado de MT
Uma criança convida: vem a mim .... / campanha publicitária da marca de Hulk é cotestada e condenada pelo deputado de MT

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.198.52.82) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=3680 ORDER BY id DESC
  • 0
    27
    Autor:
    Total Apoio ao Deputado. Até que enfim alguém percebeu isso affff !!
  • 0
    23
    Autor:
    Ele poderia ter colocado a filha dele a Eva ou a esposa Angelica.
  • 0
    33
    Autor:
    Ótima ideia do novo parlamentar. Tem que fiscalizar mesmo. Parabens pela preocupação.