SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=36808 LIMIT 1
O Documento - Deputado volta a defender taxação e fala em reabrir CPI das cooperativas

AGRONEGÓCIO

Deputado volta a defender taxação e fala em reabrir CPI das cooperativas

Por: Da Redação
Para Wilson Santos, taxação do setor ajudará o Estado a enfrentar a crise financeira
Para Wilson Santos, taxação do setor ajudará o Estado a enfrentar a crise financeira

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB), fez duras críticas na tribuna do plenário, durante sessão ordinária de quarta-feira (5), à noite, sobre a necessidade de taxação do agronegócio. “Não sou moleque de recado, não tenho rabo preso com nenhum setor. Aqui haverá uma voz que não se calará. Darei minha contribuição para uma justiça tributária neste Estado”, disse o parlamentar.

Conforme Wilson Santos, o setor da soja é o que menos gera empregos no Estado. “Não sou pau mandado do agronegócio. Não sou moleque de recado do agronegócio. Não devo satisfação ao setor, nem a este nem a nenhum. Não sou resultado de voto de protesto. Estou de volta porque tenho serviços prestados e vou honrar o voto do cidadão mato-grossense”.

O parlamentar recordou que desde dezembro de 2014, há quatro anos, a Assembleia fez uma CPI das cooperativas e encaminhou o relatório para a Secretaria de Fazenda, Procuradoria Geral do Estado, ao Ministério Público Estadual, enfim, aos órgãos de controle. “Eu vou cobrar. Estão com o relatório da CPI há quatro anos, eu também estou. Palhaçada. Enquanto isso continua morrendo gente aí porque não tem leitos de UTI. E bacana aí deitando e rolando. Vai ter enfrentamento aqui na Assembleia. Como que uma CPI do Parlamento Estadual, com relatório aprovado em plenário, simplesmente o MP senta em cima. Quanto custou esse silêncio?”, questionou o tucano.

 Segundo Wilson Santos, o pobre paga imposto. “O pobre paga, quem não gosta, não tem costume e que adora dar calote, não é o pequeno. Se precisar reabrir a CPI das cooperativas, nós reabriremos. E o Ministério Público Estadual, onde está? E O Ministério Público Federal, onde está?”.

O deputado disse que não importa-se impostos e tributos. “Mentira. Isso é balela de quem está acostumado a não pagar impostos. O pequeno paga imposto, senão vai para a cadeia. Esta Casa de Leis precisa enfrentar este tema, combater a corrupção e fazer os tubarões pagar impostos. Fazer justiça tributária”, completou.

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (34.228.41.66) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=36808 ORDER BY id DESC