SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=21954 LIMIT 1
O Documento - Bancada de MT desiste de encontro para avaliar situação de Temer

GRAVAÇÃO DA JBS

Bancada de MT desiste de encontro para avaliar situação de Temer

Por: Luiz Esmael
O encontro foi proposto pelo deputado cristão Victório Galli, que abdicou da ideia, após os primeiros impactos da deleção da JBS
Bancada mato-grossense, com exceção do petista Ságuas Moraes, parece inclinada a seguir com o governo /foto: Rufanobumbo
Bancada mato-grossense, com exceção do petista Ságuas Moraes, parece inclinada a seguir com o governo /foto: Rufanobumbo

O líder da bancada de Mato Grosso no Congresso Nacional, deputado federal Victório Galli (PSC), desmarcou a reunião convocada por ele para discutir a delação do empresário Joesley Batista, dono da JBS. O parlamentar tinha a intenção de discutir a situação do presidente da República Michel Temer (PMDB), que é acusado por Batista em ter pago o silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha, hoje preso na Operação Lava-Jato.

Após a degravação do diálogo entre Temer e Batista, a qual os dois conversaram sobre a Operação Lava-Jato, a maioria dos parlamentares, sendo sete deputados federais e os três senadores – Wellington Fagundes (PR), Cidinho Santos (PR) e José Medeiros (PSD)-, achou que o áudio não compromete Michel Temer, que ainda corre risco de sofrer impeachment.

Na concepção da bancada, o presidente da República conseguirá reverter o atual quadro, reagrupando seu grupo de apoio na Câmara Federal e Senado. Na sexta-feira, o senador José Medeiros, por exemplo, vice-líder do governo no Congresso Nacional, recuo da ideia de entregar o cargo e deixou de fazer parte do grupo de parlamentares que defende a convocação de eleição direta. Medeiros se diz convencido de que o presidente da República não fez nenhum negócio para impedir o avanço da Lava-Jato, em especial calar Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara Federal. Cunha é visto por todos como um ‘homem-bomba’, que pode revelar muita coisa, principalmente como se deu todo o processo de cassação do mandato da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

 

 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.80.219.137) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=21954 ORDER BY id DESC