SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=36059 LIMIT 1
O Documento - Aumento de salário para ministros do STF teve voto favorável dos três senadores de MT

IMPACTO DE R$ 4 BI

Aumento de salário para ministros do STF teve voto favorável dos três senadores de MT

Por: Da Redação
Wellington Fagundes, José Medeiros e Cidinho Santos: favoráveis ao reajuste que pode gerar um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas
Wellington Fagundes, José Medeiros e Cidinho Santos: favoráveis ao reajuste que pode gerar um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas

O Senado aprovou na quarta-feira (7), por 41 votos a 16, projeto que aumenta em 16% os salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A proposta segue agora para a sanção do presidente Michel Temer. O reajuste recebeu os votos favoráveis dos três senadores de Mato Grosso Wellington Fagundes (PR), José Medeiros (Podemos) e Cidinho Santos (PR).

Com o reajuste, os subsídios dos magistrados passarão de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. O aumento passará a valer a partir da sanção presidencial. É prerrogativa do presidente da República vetar a proposta, se assim desejar.

Os senadores também aprovaram um segundo projeto que também reajusta em 16% o salário para o cargo de procurador-geral da República - os vencimentos também passarão para R$ 39,2 mil. A proposta foi aprovada de forma simbólica, sem contagem de votos.

O aumento nos salários dos ministros gera um efeito-cascata nas contas, porque representa o teto do funcionalismo público. Caso o limite seja alargado, aumenta também o número de servidores que poderão receber um valor maior de gratificações e verbas extras que hoje ultrapassam o teto.

Segundo cálculos de consultorias da Câmara e do Senado, o reajuste poderá causar um impacto de R$ 4 bilhões nas contas públicas. Nesta quarta, o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que este não era o “momento” de se ampliar despesas. Ele também declarou ver o aumento de gastos “com preocupação”.

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.221.75.115) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=36059 ORDER BY id DESC
  • 0
    25
    Autor:
    L A ME N T A V E L!!!!!!! Não estão nem aí!!!! No momento em que o país, atravessa a maior crise de sua história!!! É DE LASCAR!!!!! FIM DE PAPO..........
  • 0
    1
    Autor:
    Lamentável!!! Não está nem aí... pelo momento de crise em que o país atravessa....É de lascar!!!!Fim de papo.....