SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=25949 LIMIT 1
O Documento - Antônio Joaquim assume a presidência do PTB para disputar o governo em 2018

PRÉ-CANDIDATURA

Antônio Joaquim assume a presidência do PTB para disputar o governo em 2018

Por: Da Redação
Conselheiro protocolou aposentadoria para retomar a política partidária
Conselheiro protocolou aposentadoria para retomar a política partidária

O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), Antônio Joaquim, que protocolou na manhã de quinta-feira (19) seu pedido de aposentadoria do cargo, confirmou que vai se filiar ao PTB e assumir a presidência do partido em Mato Grosso, já visando a disputa do governo do estado nas eleições de 2018. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (20), em Cuiabá. “Vou assumir a presidência do PTB”, anunciou.

Critico da administração do governador Pedro Taques (PSDB), ele anunciou no final do mês de agosto que iria deixar o TCE para retornar à politica partidária, abandonada quando assumiu o cargo no TCE em abril de 2000, indicado pelo então governador Dante de Oliveira. “O atual Governo é um fracasso ético e administrativo. Responsável pelo maior escândalo de corrupção na área da Educação do Estado. Secretário preso, agentes públicos presos, uma vergonha”, disparou.

Antônio Joaquim afirmou que pretende criar um grupo político para entrar na disputa, já que de acordo com ele, isso deixou de existir em Mato Grosso.  “O último grupo político no Estado era do Dante, mas não teve continuidade com a derrota do Antero em 2002. O Blairo ficou 8 anos, mas não participa de grupo político. O Silval foi um desastre. O governador Pedro Taques não construiu um grupo político e sairá menor do que entrou no Governo”, disparou.

Agora, Antônio Joaquim aguarda que o governador assine o ato de aposentadoria conjuntamente com o presidente do Tribunal de Contas e a posterior publicação no Diário Oficial do Estado.

Afastado de suas funções de conselheiro desde a deflagração da Operação Malebolge, da Polícia Federal em 15 de setembro, Antônio Joaquim foi alvo de busca e apreensão em sua residência e no seu gabinete no TCE. Outros quatro conselheiros também foram alvos da operação e são acusados pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB) de cobrarem R$ 53 milhões para não “atrapalharem” o andamento das obras do Programa MT Integrado e da Copa do Mundo.

A vaga de Antonio Joaquim será preenchida por um conselheiro substituto, aprovado em concurso público, que será escolhido pelo governador, a partir de uma lista tríplice.

Aos 61 anos de idade, Antônio Joaquim é formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em 1985. Foi eleito deputado estadual por duas legislaturas (1986 e 1990), deputado federal também por duas vezes (1994 e 1998), secretário de Educação (1999) e de Infra-estrutura (1996) durante o Governo Dante de Oliveira, além de conselheiro do TCE desde abril de 2000.

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.225.36.143) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=25949 ORDER BY id DESC
  • 2
    73
    Autor:
    Complementando>>>Precisou ir à Cuiabá Roberto Jeferson (Presidente Nacional do PTB). para dar a filiação ao Ex Conselheiro, para disputar o Governo do Estado. Não esquecendo.... que o Sr. Roberto, ficou conhecido nacionalmente por ter denunciado os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no esquema do "Mensalão" , do qual fez parte....., FOI PRESO e teve o seu mandato cassado em 2005, ou seja, TURMA DE "RAPOSAS VELHAS" querendo voltar ao PODER. LAMENTÁVEL..........
  • 2
    72
    Autor:
    Meus parabéns!! ao "DISTINTO CONSELHEIRO", primeiro, pela ""CORAGEM"" que está tendo neste momento em disputar o CARGO para Governador e segundo pela ""DECEPÇÃO"" que vai ter nas URNAS!!já teci inúmeros comentários a respeito!!! S E M C H A N C E !!! Durante o tempo de parlamentar , NUNCA FEZ NADA, e quando das vezes, em que ocupou cargos no primeiros escalões de outros governos, Também , nunca fez nada , mas foi coroado há uma vaga no TCE. Pois bem...., Não vou delongar em sua trajetória, pelo TCE. Apenas farei um breve comentário, a respeito de uma de suas "FALAS" há poucos dias, em alguns jornais periódicos>>>DISSE O SEGUINTE "TCE só aprovou as contas de Taques porque foi benevolente" R E B A T E N D O "COMO ASSIM..."BENEVOLENTE"??????BENÉVOLO, BONDOSO..., ENFIM.... QUE PROCURA FAZER O BEM..., BOA VONTADE PARA ALGUÉM ...é isso???? ENTÃO, este TRIBUNAL, terá que deixar de EXISTIR!!!ORA BOLAS!!!! Seu papel fundamental, é de fiscalizar e julgar as "Contas do Governo", se está, ou não dentro das conformidade com a LEI. Mas, parece que não , pois tudo de ""DESASTROSO"" que está acontecendo no governo do Sr. Silval, passaram DESAPERCEBIDO (ou fizeram de cegos) pelo Colendo TRIBUNAL. Caso contrário, o "ESTRONDO" não viria á tona agora. A "CORTE DE CONTAS", não tem que ser BENÉVOLO" para com ninguém, e sim ser ""IMPARCIAL EM TODOS OS SEUS ATOS, no momento de julgar as referidas "CONTAS", SEJA QUAL FOR O GOVERNO. ORA BOLAS, DE NOVO!!.Quer dizer que aprovaram as contas, porque foram "BONZINHOS". e AGORA!! >>>>Fica aqui, o questionamento>>>O que o Governo deu em troca, dessa magnifica "BENEVOLÊNCIA". Tudo isso, prova que o "Colendo Tribunal" não foi ""JUSTO E CORRETO"" ao aprecia-lo as Contas do Governo atual. ISSO, é muito LASTIMÁVEL!! o que ocorreu, e que somente agora, o Ex Conselheiro está tornando público esse "GESTO" DEPRECIATIVO, praticado pelo EGRÉGIO TRIBUNAL E, caso seja "ELEITO" (IMPROVÁVEL), será um FRACASSO!!! TAMBÉM Está dado o R E C A D O .....