SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=28910 LIMIT 1
O Documento - Suspeito de matar policial civil e de atirar em delegado no Rio Grande do Sul é preso

VÁRZEA GRANDE

Suspeito de matar policial civil e de atirar em delegado no Rio Grande do Sul é preso

Por: Da Redação
Policiais foram atingidos após cumprirem mandado de busca em uma “boca de fumo”
Policiais foram atingidos após cumprirem mandado de busca em uma “boca de fumo”

A Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso prendeu um homem suspeito de matar um inspetor da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, além de ferir gravemente um delegado há aproximadamente 06 anos na cidade de Caxias do Sul.

A prisão foi cumprida na sexta-feira (09), em uma revendedora de extintores de incêndio na cidade de Várzea Grande, pela Diretoria de Inteligência da PJC e Gerência Estadual Polinter.

Conduzido à Delegacia, Douglas demonstrou frieza ao confessar o crime. O investigado declarou ter decidido “meter bala” nos policiais por “não saber” quem estava entrando em sua casa (boca-de-fumo).

Após o cumprimento do mandado de prisão, expedido pela Justiça gaúcha, Douglas foi encaminhado para Audiência de Custódia e posteriormente à unidade prisional (Penitenciária Central do Estado – PCE). 

O caso

No dia do crime, 07 de outubro de 2011, os policiais civis gaúchos do 3º Distrito Policial investigavam denúncia de tráfico de drogas quando entraram em uma residência que funcionava como ponto de venda de drogas - sendo recebidos a tiros. 

Além do homicídio do inspetor da Polícia Civil, Luis Antonio Medeiros Matos, e dos ferimentos provocados no delegado Marcelo Grolli, o traficante tentou matar outro policial quando veio a atingir uma mulher, morta no local.

 

 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.224.83.221) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=28910 ORDER BY id DESC