SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=27405 LIMIT 1
O Documento - Professora morre após carro que dirigia bater em carreta

BR-70

Professora morre após carro que dirigia bater em carreta

Por: Da Redação
Zélia dos Santos Diniz tinha 79 anos e era historiadora
Zélia dos Santos Diniz tinha 79 anos e era historiadora

A professora e historiadora Zélia dos Santos Diniz, 79 anos, morreu nesta quarta (13), após o veiculo que ela dirigia, um Chevrolet Celta, colidir de frente com uma carreta, na BR-070, em Barra do Garças (município distante 509 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Federal, a carreta invadiu a pista por onde a professora trafegava e arrastou o Celta por cerca de 200 metros. Zélia morreu presa às ferragens.

O condutor da carreta, Rossean Tavares Chaveiro, não teve ferimentos, passou pelo teste do bafômetro e depois foi conduzido à 1ª Delegacia da Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

Zélia era bastante conhecida na região. Foi cofundadora e presidente da Academia de Letras e Cultura do Centro-Oeste, com sede em Barra do Garças e autora de 10 obras literárias que retratam a história da região, entre elas, uma que retrata a construção das pontes sobre os rios Garças e Araguaia. Ela era moradora do município de Aragarças, na divisa de Mato Grosso e Goiás.

Escreveu vários livros, como o ‘Município de Aragarças’, ‘Conhecendo Barra do Garças’, ‘Redescobrindo o Brasil’, ‘Conhecendo Torixoréu’, ‘Aragarças como te vi’, ‘Cinquentenário de Emancipação Política de Barra do Garças’, ‘Araguaia – Leste/Oeste’ e ‘Nas trilhas do Roncador’.

Ela possuía também um museu em sua casa, em Aragarças, e participava de projetos em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus do Araguaia, onde era colaboradora do núcleo de Produção Digital, além de conselheira do Conselho Municipal de Cultura de Barra do Garças. 

 

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.226.179.247) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=27405 ORDER BY id DESC