SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=32632 LIMIT 1
O Documento - Polícia descobre que roubo em Chapada dos Guimarães foi armado por genro da vítima

LEVOU HILUX

Polícia descobre que roubo em Chapada dos Guimarães foi armado por genro da vítima

Por: Da Redação
Genro que armou assalto a residência e roubo de caminhonete de sogro é preso Acusados teve a ajuda de um comparsa e dois adolescentes
Genro que armou assalto a residência e roubo de caminhonete de sogro é preso Acusados teve a ajuda de um comparsa e dois adolescentes

Inquérito conduzido pela Polícia Judiciária Civil de Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte) esclareceu que o roubo em uma residência na cidade, de onde foi levada uma caminhonete Hilux, foi na verdade uma simulação armada pelo genro do proprietário do imóvel.

O crime foi praticado por dois menores em pleno acordo com Henrique Freitas de Jesus (genro da vítima), 18 anos, que está preso por mandado de prisão pelo crime, e Claudinei Mendes de Souza, conhecido como Nego, tio de um dos menores, que é procurado e possui longa ficha criminal.

Ambos os suspeitos (Henrique e Claudinei) foram indiciado por furto qualificado, (concurso de pessoas e abuso de confiança), fraude processual, associação armada, corrupção de menores e porte ilegal de arma de uso permitido.

O inquérito policial presidido pelo delegado, Marcelo Melo de Laet, foi encaminhado ao Fórum de Chapada, na quarta-feira (04). Nos autos, o delegado esclareceu que tudo não passou de uma simulação, que ao invés de roubo noticiado no dia 25 de junho de 2018, o que aconteceu foi um furto qualificado, praticado na residência no bairro Altos do Mirante.

“Consta nos autos que os envolvidos teriam simulado a prática do crime de roubo, inclusive com a utilização de armas de fogo e restrição de liberdade da suposta vítima Henrique Freitas, para ocultar a verdade dos fatos e da autoria, com o fim de induzir a erro e produzir efeitos nos autos do inquérito policial”, disse o delegado.

O roubo simulado

O suposto roubo, configurado na investigação como furto qualificado, ocorreu na tarde do dia 25 de junho. O proprietário da casa não estava no imóvel, somente seu genro, Henrique Freitas de Jesus, 18, (até então vítima). Inicialmente, ao ser ouvido, a suposta vítima (Henrique) narrou ter sido rendida por pessoas armadas, que após levaram a caminhonete Hilux.

Na ocasião, a Polícia Militar apreendeu dois menores de 17 anos, dentro da caminhonete, de propriedade do dono da residência.

Nas investigações, a Polícia Civil acabou descobrindo que tudo não passou de uma farsa armada por Henrique em coautoria com Claudinei Mendes de Souza, 28 anos, que é tio do menor G.M.A.  Ele instruiu o sobrinho sobre toda a ação delituosa.

Os dois menores A.G.R.N e G.M.A, confessaram o ato infracional em audiência de apresentação no Ministério Público, apontando o comparsa e o autor intelectual, Henrique Freitas de Jesus. Os menores cumprem medida socioeducativo em Cuiabá.

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.81.76.247) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=32632 ORDER BY id DESC