SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=29599 LIMIT 1
O Documento - Empresa de MT combate violência contra a mulher com adesivagem de caminhões

BOA INICIATIVA

Empresa de MT combate violência contra a mulher com adesivagem de caminhões

Por: Sandra Carvalho
Fonte: Reportagem Local
Caminhões da transportadora, cuja sede está em Mato Grosso e possui veículos circulando em vários estados brasileiros, são adesivados com mensagens de repúdio
Caminhões da transportadora, cuja sede está em Mato Grosso e possui veículos circulando em vários estados brasileiros, são adesivados com mensagens de repúdio
Foto de Sandra Carvalho

Doze mulheres são assassinadas todos os dias, em média, no Brasil considerando os dados oficiais dos estados relativos a 2017. São 4.473 homicídios dolosos, sendo 946 feminicídios, ou seja, casos de mulheres mortas em crimes de ódio motivados pela condição de gênero. E em Mato Grosso o cenário não é diferente.

Diante deste triste quadro, a transportadora Águia Sul, que tem sede em Mato Grosso e unidades em vários estados brasileiros, mantém uma campanha de combate à violência contra a mulher. Caminhões da frota, que circulam por vários estados brasileiros, estão adesivados levando a mensagem de repúdio a este tipo de prática.

O empresário Eleus Amorim, que há 20 anos imprime em sua empresa a missão de não só contribuir com o desenvolvimento econômico do estado e do país, mas também de responsabilidade social, escolheu o tema por ser terminantemente contra quaisquer atos de violência, ainda mais contra mulheres.

“A classe empresarial deve sempre ter um compromisso forte com as causas sociais e a Águia Sul vem fazendo a sua parte, dando a sua contribuição à sociedade”.

Dados assustadores

Mato Grosso é o estado com a maior taxa de feminicídio em 2017: quase 5 casos a cada 100 mil mulheres. Já o Rio Grande do Norte tem o maior índice de assassinatos de mulheres no geral (8,4). Roraima, sem casos de feminicídio registrados oficialmente pelas autoridades em 2017, tem a menor taxa do país. No caso de homicídios contra mulheres no geral, São Paulo aparece na última posição (2,2).

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (52.91.185.49) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=29599 ORDER BY id DESC