SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=31924 LIMIT 1
O Documento - Chikungunya ja matou pelo menos 3 em MT e casos já chegam a quase 13 mil

ALERTA

Chikungunya ja matou pelo menos 3 em MT e casos já chegam a quase 13 mil

Por: Da Redação

número de casos de febre chikungunya em Mato Grosso registrado nos primeiros cinco meses deste ano quadriplicou em relação ao total de notificações registradas em todo o ano de 2017, segundo balanço divulgado nessa sexta-feira (8) pela Secretaria Estadual de Saúde (Ses-MT).

Conforme o boletim da Saúde, 3.019 casos da doença foram relatados em 2017, e apenas até o dia 4 de junho, a contagem é de 12.886 casos, com três mortes em investigação - sendo duas em Cuiabá e uma em Várzea Grande, região metropolitana da capital - e uma morte confirmada na capital.

Somente em Cuiabá já são 1.870 casos notificados, e em Várzea Grande, 9.600 casos.

De acordo com a pasta, os principais criadouros do mosquito Aedes aegipty, transmissor da dengue, zika e febre chikungunya, estão dentro das casas, como caixas d’agua, vasos de plantas que acumulam água, piscinas e outros locais que acumulam água parada: ambiente propício para a deposição dos ovos e a reprodução do mosquito.

Mato Grosso tem apresentado, neste ano, baixa incidência de zika. Foram notificados 2.593 casos em 2017 e, até agora, já são 805 notificações em todo o estado, sendo 208 casos em Cuiabá e 107 notificações em Várzea Grande.

Dengue

Os casos de dengue somam 6.799, com uma incidência de 206 notificações a cada 100 mil habitantes. Apesar de a doença apresentar redução com relação ao ano passado, que registrou 12.085 casos, o estado ainda está sendo considerado de média incidência da doença no país.

Duas mortes por dengue já foram confirmadas em Mato Grosso, nos municípios de Poconé e Serra Nova Dourada, a 104 km e 1.125 km de Cuiabá, respectivamente. Outros três óbitos estão sob investigação, sendo um em Brasnorte, a 580 km da capital, e duas em Colniza, a 1.065 km de Cuiabá.

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.144.16.135) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=31924 ORDER BY id DESC