SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=20127 LIMIT 1
O Documento - Balanço atesta eficiência no atendimento da rede de serviços do SUS

VÁRZEA GRANDE

Balanço atesta eficiência no atendimento da rede de serviços do SUS

Por: Da Redação
Dados foram apresentados na manhã desta segunda-feira, na Câmara Municipal
Dados foram apresentados na manhã desta segunda-feira, na Câmara Municipal
Foto de Secom/VG

A Secretaria municipal de Saúde de Várzea Grande apresentou na manhã desta segunda-feira (20), durante audiência pública, o balanço do 3º quadrimestre de 2016, no auditório da Câmara de Vereadores. Entre os dados apresentados, estão os referentes aos atendimentos realizados no Pronto-Socorro que reduziram. Após a inauguração da UPA do Ipase, em julho, ela passou a atender demandas de urgência e emergência, desafogando o pronto atendimento do Pronto-Socorro.

Nesse período, entre o segundo e o terceiro quadrimestre do ano passado, o número de atendimentos no Pronto-Socorro passou de 53.241 para 39.755, um retrato de que realmente a unidade passou à atender casos mais complexos.

“O Pronto-Socorro passou a realizar o papel que lhe cabe que é o de realmente tratar de casos de maior complexidade. Outro dado que mensura essa nova realidade é o número de internações que aumentaram nesse comparativo, passaram de 2.949 para 3.629. Seguindo ainda a mudança no atendimento de saúde de Várzea Grande, que passou a ser reestruturada e os serviços regulados de forma correta de acordo com a oferta de cada unidade de saúde, vemos o incremento no volume de exames laboratoriais no pronto-socorro. Uma vez ampliada as internações, os exames também aumentaram de 131.827 para 147.027. O Pronto-Socorro deixou de ser uma unidade de passagem e sim, uma unidade de atendimento da média e alta complexidade”, explicou o técnico de Planejamento do Sistema Único de Saúde da secretaria municipal de Saúde, Marcos Tertuliano de França.

O balanço detalhou todos os serviços, ações e investimentos implementados nas atenções em saúde (primária, secundária e terciária) durante o 3º quadrimestre, bem como, o acumulado ao longo do ano de 2016.

Conforme o balanço financeiro da prefeitura de Várzea Grande, do exercício 2016, apresentado no mês passado pela secretaria de Gestão Fazendária, na saúde, a atual gestão aplicou 26,45% da sua arrecadação, ao invés dos 15% mínimos exigidos pela Lei.

Na comparação entre os segundo e terceiro quadrimestre, a receita da Saúde no Município passou de R$ 35,09 milhões para R$ 36,61 milhões. Os recursos foram aplicados desde a Atenção Básica, com atendimentos no Programa de Saúde da Família (PSF) até na aquisição de medicamentos, que na comparação entre os dois períodos, passaram de R$ 2 milhões para R$ 3,49 milhões, ou seja, R$ 1 milhão a mais injetado em assistência farmacêutica entre um quadrimestre e outro.

Outro avanço citado pelo técnico da Pasta, Marcos Tertuliano, foram os primeiros resultados da auditoria interna que começa a ser mensurada e traz dados sobre as empresas prestadoras de serviços de saúde. “Com isso, temos a certeza de que pagamos pelos exames e serviços que realmente estão sendo realizados e prestados, garantia de transparência na gestão dos recursos públicos e do SUS. Só é pago aquilo que realmente é executado”.

O balanço revela ainda a expansão na oferta dos serviços de saúde bucal em Várzea Grande, um atendimento que vinha deficitário até 2015. No terceiro quadrimestre o total de atendimentos somou 31.209 contra 15.888 no segundo quadrimestre.

Somente na UPA 24h, que presta esse serviço na modalidade de urgência e emergência, os atendimentos passaram de 776 para 5.159. A comunicação dos dados, bem como sua transparência dos gastos com o orçamento próprio e das transferências (estadual e federal), são ritos previstos na Lei complementar 141/2012, em seu artigo 36, que determina que divulgação quadrimestral ao Legislativo e à população.

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.92.142.198) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=20127 ORDER BY id DESC