SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=35587 LIMIT 1
O Documento - Tricolor dá adeus ao sonho título, mas segue no G4

BRASILEIRO

Tricolor dá adeus ao sonho título, mas segue no G4

Por: AFI
Tricolor continua sem vencer e já soma nove jogos e apenas uma vitória

tico-PR - Tricolor dá adeus ao sonho título, mas segue no G4
Os principais campeonatos organizados pela Confederação Brasileira de Futebol são acompanhados online pelo Portal Futebol Interior
Agência Futebol Interior Publicado em 20/10/2018
por Agência Futebol Interior

O São Paulo empatou sem gols com o Atlético Paranaense e praticamente deu adeus ao sonho do título do Campeonato Brasileiro. Por outro lado, conseguiu se manter no G4, zona de classificação à Fase de Grupos da Copa Libertadores de 2019. O duelo, disputado no Morumbi, em São Paulo-SP, foi válido pela 30ª rodada.

Com o resultado, o time paulista fica na quarta colocação, com 53 pontos. À frente, Palmeiras, com 59; Internacional, com 56; e Flamengo, com 55. Fechando o G6, Grêmio, com 52; e Atlético Mineiro, com 46. A equipe rubro-negra segue na parte intermediária, em oitavo, com 40, e estaria na Copa Sul-Americana de 2019.

NADA DE GOLS
O Atlético Paranaense, apesar de jogar longe da Arena da Baixada, teve cerca de 70% da posse de bola, na primeira etapa. Apesar disso, as principais oportunidades foram dos mandantes. Logo no primeiro minuto, o São Paulo assustou em cobrança de falta batida por Reinaldo. Aos nove, o Furacão respondeu com Pablo, que finalizou para fora.

Pouco depois, aos 14, nova chegada tricolor. Em boa trama pelo lado direito, a bola passou de pé em pé até chegar em Hudson. O volante, porém, mandou por cima do travessão. Na sequência, o lateral-direito rubro-negro, Jonathan, fez jogada individual e também não conseguiu acertar o alvo. Aos 20, a principal oportunidade.

Carneiro passou pelo zagueiro Paulo André e colocou na cabeça de Diego Souza. O atacante são-paulino carimbou o travessão. Depois, o confronto perdeu intensidade, tanto que outra boa chegada aconteceu somente aos 41. Nikão entrou na área e bateu cruzado, assustando o goleiro mandante, Jean.

TUDO ZERADO
A primeira chance cristalina do segundo tempo foi do Furacão. Nikão cruzou do lado esquerdo, Pablo se antecipou a Bruno Alves, mas cabeceou para fora, aos cinco minutos. Aos oito, o troco tricolor. Primeiro, Bruno Alves apareceu como elemento surpresa e testou para defesa de Santos. No rebote, Paulo André e Carneiro dividiram, a bola foi no sentido da meta e obrigou o arqueiro sulista a fazer nova intervenção.

Apenas aos 27, o São Paulo chegou mais uma vez com perigo. Rojas aproveitou bobeada da zaga rubro-negra, bateu firme e fez com que o goleiro visitante aparecesse mais uma vez. Imediatamente depois, Renan Lodi cruzou para Pablo, que acertou o poste superior são-paulino. Logo na sequência, a bola ficou viva na área e o mesmo atacante paranaense bateu por cima do gol. O duelo esquentou na reta final, Nenê chegou a acertar o travessão, mas o placar seguiu zerado.

PRÓXIMOS JOGOS
Na sexta-feira, o São Paulo visita o Vitória, às 19h30, no Barradão, em Salvador-BA, pela 31ª rodada. No dia seguinte, às 21h, o Atlético Paranaense recebe o Botafogo, na Arena da Baixada, em Curitiba-PR

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.221.75.115) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=35587 ORDER BY id DESC