SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=39276 LIMIT 1
O Documento - Sob grande expectativa, Corinthians e Santos empatam sem gols pelo Paulistão

ITAQUERÃO

Sob grande expectativa, Corinthians e Santos empatam sem gols pelo Paulistão

Por: Da Redação

Corinthians e Santos se enfrentaram neste domingo na Arena Corinthians neste domingo em partida válida pelo Campeonato Paulista e, em um jogo movimentado e cheio de emoções, acabaram empatando em 0 a 0.

Com o empate em casa, o Corinthians chegou aos 15 pontos na liderança do Grupo C e, faltando duas rodadas para o término da primeira fase, ainda não garantiu sua classificação matemática. Na próxima rodada recebe o Oeste de Barueri na sua casa. O Santos, classificado, segue liderando o Grupo A com folga e chegou aos 23 pontos. Na sequencia, o Alvinegro recebe o Novorizontino no Pacaembu.

 Corinthians domina o primeiro tempo

Inicialmente marcado paras às 16h, o clássico alvinegro atrasou por conta de pedaços de papel picado jogados no gramado pelo Corinthians antes do jogo, dificultando a visibilidade. Em campo, Carille optou pela entrada de Boselli no lugar de Gustavo, fora com um entorse no joelho, no ataque ao lado de Clayson e Pedrinho, com isso Vagner Love ficou no banco de reservas. Pelos lados do Santos, Sampaoli manteve sua base titular, escolhendo Vanderlei para o gol e deixando Cueva, punido essa semana, e Rodrygo no banco de reservas.

Quando a bola começou a rolar, o equilibrio de um clássico entre equipes que vivem momentos bons na temporada não se mostrou presente. A caracteristica do Santos se manteve no estilo Sampaoli, com maior domínio da posse de bola, enquanto o Corinthians apostou no seu conjunto para ter o domínio da partida. Com este cenário, a primeira chance chegou apenas aos nove minutos, com Sornoza fazendo a jogada pelo lado esquerdo e cruzou na área para Manoel, que subiu mais que a defesa santista e finalizou pela linha de fundo. O Santos respondeu na mesma hora em jogada de Derlis Gonzales, que finalizou em cima da marcação.

O Alvinegro praiano sofria para passar pela boa marcação montada por Fabio Carille e isso permitiu um Corinthians melhor no decorrer da primeira etapa e, aproveitando vacilo da defesa, criou boa chance com Clayson e Sornoza. A blitz do Timão continuou com Junior Urso, Danilo Avelar e Clayson, todas chances disperdiçadas pelo ataque corintiano. Com maior posse de bola, o Santos parecia não saber o que fazer, tanto que não ameaçou a meta de Cássio durante a primeira etapa. O único que ainda buscava as oportunidades era Jean Mota, que sem apoio dos colegas, presos na marcação, ficou isolado no gramado.

Aproveitando o bom momento na partida, mas sem a posse de bola, Carille subiu as linhas corintianas e começou a dificultar a saída de bola santista e isso permitiu que o time da casa pudesse ser presença ainda mais constante na área adversária, mas sem efetividade para ameaçar o goleiro Vanderlei. Com isso, as duas equipes foram para o intervalo com o placar de 0 a 0.

Cueva, Rodrygo e equilibrio

Para acabar com o domínio do adversário na partida, Sampaoli mudou duas vezes no intervalo, com as entradas de Cueva e Rodrygo nos lugares de Alisson e Jean Lucas e com isso buscava maior participação do seu meio de campo e mais efetividade no seu ataque. Já o Corinthians voltou com a mesma postura de dificultar a saída de bola do Peixe e com a missão de melhorar a suas finalizações.

As mudanças deram resultado e o Santos equilibrou a partida. As entradas de Cueva e Rodrygo tiraram o isolamento de Jean Mota, tanto que a melhor chance do Alvinegro Praiano foi com a participação do trio, com o cruzamento de Cueva e a finalização de Jean Mota para a primeira boa defesa de Cássio. Ao contrário da primeira etapa, a equipe de Sampaoli conseguia dominar a posse de bola no campo de ataque, trabalhava seus passes com tranquilidade e buscava mais finalizações contra a meta de Cássio.

O Corinthians que antes dificultava a saída de bola, passou a dar campo ao adversário e apostar no contra-ataque e, para aproveitar melhor as oportunidades, Carille promoveu a entrada de Vagner Love em campo no lugar de Pedrinho. E logo na sua primeira participação, o atacante veio em velocidade pelo lado direito, passou pela marcação e obrigou ao goleiro Vanderlei a fazer grande defesa em chute cruzado. Sampaoli também alterou sua equipe, colocando Matheus Ribeiro no lugar de Carlos Sanchez.

Com as alterações, o jogo voltou a se igualar e as duas equipes passaram a valorizar sua posse de bola e aproveitar os vacilos defensivos do adversário. Em um desses lances, Cássio dominou a bola e tentou sair jogando, mas acertou Cueva, que tentou o toque de cobertura e mandou pra fora. Já o Corinthians contou com uma cochilada do Felipe Jonathan que Fagner roubou e colocou na área. Na confusão, Boselli acertou a trave, mas a arbitragem marcou impedimento do argentino.

Buscando mais movimentação na frente, o técnico do Corinthians tirou Clayson e colocou André Luis e também promoveu a entrada de Matheus Vital no lugar de Boselli, centralizando Vagner Love no comando ofensivo. Mas foi o Santos que criou mais no final, com chances de Jean Mota, travado pela zaga, e Derlis Gonzalez que parou em excelente defesa de Cássio. E apesar de duas equipes que buscaram o gol o jogo todo, o placar final foi o empate por 0 a 0.

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.243.17.113) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=39276 ORDER BY id DESC