SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=25171 LIMIT 1
O Documento - De virada, Atlético-PR vence o Fluminense e sobe na tabela

BRASILEIRO

De virada, Atlético-PR vence o Fluminense e sobe na tabela

Por: Lance!
Furacão teve o controle da partida e, após sair atrás do placar, conseguiu o triunfo com gols de Felipe Gedoz, Ribamar e Jonathan
Furacão teve o controle da partida e, após sair atrás do placar, conseguiu o triunfo com gols de Felipe Gedoz, Ribamar e Jonathan

A justiça prevaleceu no confronto entre Atlético-PR e Fluminense. Neste domingo, o Furacão saiu atrás do placar na Arena da Baixada, mas fez prevalecer o domínio do jogo e conseguiu a virada na etapa final: 3 a 1. O triunfo em casa levou o time de Fabiano Soares aos 34 pontos, ficando mais perto do G-6 do Brasileiroo. O Flu estacionou nos 31 pontos e caiu na tabela. 
Henrique Dourado, artilheiro do Brasileirão, fez para o Tricolor, que atuou com um time misto e foi dominado. O Atlético-PR chegou à vitória com gols de Felipe Gedoz, Ribamar e Jonathan. O terceiro gol já saiu no fim da partida. 
Aproveitando o desentrosamento do sistema defensivo tricolor - quase todo reserva por conta de lesões e suspensões -, o Atlético-PR iniciou o jogo pressionando o rival. As boas subidas ao ataque dos laterais fizeram com que o Furacão criasse várias chances na primeira etapa, mas o goleiro Júlio César esteve atento e fez defesas seguras em finalizações de Ribamar e Nikão. 
O time de Abel Braga¬ deu espaço no meio-campo, e não foram poucos os passes longos do Atlético-PR procurando o centroavante Ribamar ou o veloz Pablo, mas os impedimentos atrapalharam a produção do Atlético-PR do time mandante. Além disso, quando a bola passou por Júlio César, explodiu no travessão. 
Para alívio do Fluminense, o fim do primeiro tempo se aproximava ainda com o 0 a 0 no placar. Wellington Silva e Wendel foram os nomes que mais erraram. O atacante não vem bem há algumas rodadas, sendo ineficaz no mano a mano - sua principal característica. O jovem volante, por sua vez, parece ter estranhado o gramado sintético, forçando muitos passes. 
Abel devia estar pensando no que mudar para a segunda etapa quando Gustavo Scarpa, já nos acréscimos, cobrou escanteio com veneno pela direita. A bola fugiu de Weverton e foi na direção de Henrique Dourado na segunda trave. O Ceifador ganhou da marcação de dois atleticanos e fez seu 14º gol no Brasileirão. 
Quem mudou na volta do intervalo foi o Atlético-PR. O técnico Fabiano Soares trocou Lucho González por Matheus Rossetto. A substituição não mudou o panorama da partida. Cada vez mais o Furacão foi ocupando o campo de ataque. Aos 12, Felipe Gedoz fez justiça ao placar em cobrança de falta. Desta vez, Júlio César sequer se mexeu quando a bola passou pelo meio da barreira e entrou no meio do gol: tudo igual na Arena da Baixada. 
O cenário já era favorável ao Atlético-PR, e Abel Braga ainda teve que tirar Henrique Dourado e Richard por lesões. Wellington Silva também saiu, mas Peu, Renato e Marcos Junior não conseguiram aumentar o poder ofensivo do Tricolor. 
Depois de muito insistir, o Furacão conseguiu a virada aos 34 minutos. Sidcley, que havia entrado poucos minutos antes, deu grande assistência para Ribamar. Em posição regular desta vez, o centroavante se jogou para desviar a bola, vencer Júlio César e fazer a festa da torcida atleticana na Arena da Baixada. 
Além de algumas arrancadas de Gustavo Scarpa, o Fluminense terminou a partida sem ameaçar o Atlético-PR, que passou a adminstrar a vantagem. O golpe final veio aos 45 minutos da etapa final. Ex-Flu, Jonathan aproveitou o rebote de Júlio César e fez o terceiro, de pé esquerdo, após jogada de Rossetto. 

FICHA TÉCNICA 
ATLÉTICO-PR 3X1 FLUMINENSE 

Data: 
17/9/2017, às 16h 
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR) 
Árbitro: Raphael Claus (SP/Fifa) 
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP/Fifa) 
Renda/Público: Ainda não divulgados. 
Cartões amarelos: Fabrício, Lucho González e Thiago Heleno (CAP); Wendel, Marlon e Frazan (FLU). 
Cartão vermelho: Não houve. 

Gols: Henrique Dourado (0-1, 47'/1ºT), Felipe Gedoz (1-1, 12'/2ºT), Ribamar (2-1, 34'/2ºT) e Jonathan (3-1. 45'/2T) 

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez e Lucho González (Matheus Rossetto, Intervalo); Nikão, Pablo (Matheus Anjos, 17º/2ºT) e Felipe Gedoz (Sidcley, 22'/2ºT); Ribamar - T:Fabiano Soares 

FLUMINENSE: Júlio César; Mateus Norton, Nogueira, Frazan e Marlon; Marlon Freitas, Richard (Renato, 27'/2ºT) e Wendel; Gustavo Scarpa, Wellington Silva (Peu, 25'/2ºT) e Henrique Dourado (Marcos Junior, 31'/2ºT) - T: Abel Braga

 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.224.155.169) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=25171 ORDER BY id DESC