SELECT p.*, IF(LENGTH(fotos)>10,0,(SELECT id FROM w229_post_fotos WHERE post=p.id ORDER BY principal DESC, id LIMIT 1)) AS fotoGal FROM w229_post AS p WHERE p.id=24953 LIMIT 1
O Documento - Brasil conquista 4º lugar inédito no Mundial de Mountain Bike, na Austrália

HISTÓRICO

Brasil conquista 4º lugar inédito no Mundial de Mountain Bike, na Austrália

Por: Da Redação
Depois de figurar entre os 10 melhores ciclistas do mundo na etapa de Andorra da Copa do Mundo de Mountain Bike, o brasileiro Henrique Avancini foi ainda mais longe na categoria Cross-Country Olímpico e alcançou um feito inédito ao País neste sábado (9). O atleta conquistou a quarta colocação e ficou bem próximo de subir ao pódio
Com grande desempenho, Henrique Avancini alcançou feito histórico ao Brasil neste sábado (9)
Com grande desempenho, Henrique Avancini alcançou feito histórico ao Brasil neste sábado (9)
Foto de Divulgação

Nunca antes o Brasil teve um atleta tão competitivo na elite masculina do Cross-Country Olímpico. Após uma surpreendente e inédita décima colocação na etapa de Andorra da Copa do Mundo, em agosto, Henrique Avancini foi ainda mais longe para fazer história. O ciclista foi o quarto a cruzar a linha de chegada no Mundial de Mountain Bike, em Carins, Austrália, neste sábado (9) e, pela primeira vez, o País figurou no Top 5 do Mundial. Por muito pouco, precisamente 49 segundos, não alcançou o terceiro colocado e levou a bandeira brasileira ao pódio.

“Estou muito feliz com minha performance e com toda a preparação que fiz para chegar neste nível. Já venho lutando por resultados de qualidade em provas internacionais há muitos anos e fico contente de quebrar mais uma barreira, fazendo um resultado tão expressivo para o mountain bike brasileiro. Era algo que pouca gente achava possível", afirmou o atleta. 

O ciclista fluminense passou boa parte da prova no grupo dos líderes, junto com o suíço Nino Schurter, atual campeão olímpico, o tcheco Jaroslav Kulhavy e o também suíço Thomas Litscher, respectivamente primeiro, segundo e terceiro colocados. Na metade da corrida, Avancini perdeu um pouco do ritmo que imprimia. Afastou-se do primeiro pelotão, mas conseguiu sustentar a quarta colocação e garantir o Brasil entre as potências do mountain bike.

“Com uma performance assim, ficar fora do pódio é um doce amargo, mas estou muito feliz com tudo que fiz e de, finalmente, comprovar que todo o meu esforço e minha metodologia de trabalho funcionam e valem a pena. Foi uma prova histórica para o País”, complementou Avancini.

O atual campeão brasileiro, Luiz Henrique Cocuzzi também disputou a prova, mas não a terminou. Na categoria feminina, Raíza Goulão fez bonito e cruzou a linha de chegada na 14ª colocação. Confira no site RedBull.com todas as emoções desta prova histórica. 

Comentários

Atenção! Seu comentário é de sua inteira responsabilidade.
O site "O Documento" é livre para rejeitar comentários ofensivos, com linguajar de baixo calão, denúncias sem evidências e outros que julgar inapropriados. Mesmo que o seu comentário seja aprovado pela nossa equipe, a responsabilidade sobre ele continua sendo sua.
O IP da sua conexão (54.224.102.26) será armazenado e disponibilizado às possíveis vítimas caso este espaço seja utilizado para atingir a honra ou prejudicar a imagem de alguém.
Enviar
    SELECT id,nome,email,comentario,i_cadastro,positiv,negativ,aprovado FROM w229_post_coment AS t WHERE aprovado>=0 AND post_id=24953 ORDER BY id DESC