conecte-se conosco


Entretenimento

Mãe de Ludmilla se emociona ao falar dela: “neguinha que era chamada de feia”

Publicado

No último domingo (14), Ludmilla performou ninguém menos do que Michael Jackson no quadro “Show dos Famosos”, do “Domingão do Faustão”. A apresentação da funkeira está rendendo elogios e foi motivo de muito orgulho para sua mãe, Suzana, que usou o Instagram para se declarar à filha.

Leia também: Genética forte! Confira as celebridades que são a cara de seus familiares


Mãe de Ludmilla
Reprodução/ Instagram

Mãe de Ludmilla se emociona após a filha performar Michael Jackson no “Show dos Famosos”

No storie, a mãe de Ludmilla não conteve as lágrimas para falar sobre a gratidão em tê-la como filha e enaltecer o seu talento. “Eu tenho gratidão a Deus por ter me presenteado com você, uma filha incrível, uma artista incrível. Filha, ainda que você não ganhe esse programa, pra mim, você já muito vencedora. Parabéns! Você foi fod* pra caramba! Te amo garota!”,começou Silvana.

Leia também: Saradonas e poderosas! Mães de celebridades atraem os holofotes

A declaração continuou com a mãe da funkeira ressaltando: “Você quase me mata do coração, porque você cada vez mais me surpreende e eu não tenho mais palavras para te dizer o quanto você é fod*, o quanto você é importante, o quanto você é incrível, tá amor? Eu te amo e esse choro aqui é de pura felicidade, só Deus sabe o tamanho da minha felicidade em te ver aí. Te amo!”.

Leia Também:  Anitta e suas declarações polêmicas para a imprensa internacional

No feed do Instagram , a mãe da artista também fez questão de compartilhar um vídeo da performance da filha como Michael Jackson e caprichou na legenda.

Leia também: De shortinho e com a barriga de fora, Ludmilla posa em rua de mansões de Orlando

“Ei, psiu. Sabe aquela neguinha que era chamada de feia , tal de Mc Beyoncé então ela mesma que tem o nome de, Ludmilla. Olha ela aí mostrando pro mundo seu talento sua força , sua vontade de vencer na vida. Reclama com Deus por todo esse sucesso só ele quem sabe de todas as coisas”, escreveu Silvana.

Fonte: IG Gente
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Entretenimento

Danilo Gentili ataca Marcius Melhem, chefe de humor da Globo: “covarde”

Publicado

O comediante Danilo Gentili está envolvido em mais uma confusão. Desta vez, quem provocou foi o chefe do humor na Globo, Marcius Melhem, que deu declarações polêmicas sobre o politicamente correto na comédia. Danilo Gentili se pronunciou e chamou o global de “covarde”.

Leia também: Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão por ofensa à Maria do Rosário


Danilo Gentili e Marcius Melhem
Reprodução/Instagram

Danilo Gentili chama Marcius Melhem de “covarde”


Danilo Gentili foi condenado no último dia 10 a seis meses e 28 dias de prisão, em regime semiaberto, por injúria após se envolver em uma confusão com a deputada Maria do Rosário. O apresentador do “The Noite” levantou a questão de como está difícil fazer humor hoje em dia. Dias depois, sem citar Danilo, Marcius Melhem falou do caso no evento Rio2.

Ele disse que a comédia não anula o Código Penal e que a liberdade do comediante deve ser uma via de mão dupla. Ao ver as declarações, Danilo deu sua resposta no Twitter .

Leia também: Danilo Gentili fala de crítica de Porchat: “Ele falou o que pensa”

Leia Também:  Trono de Ferro chega a São Paulo neste final de semana

“Marcius Melhem paga de sensatão pra relativizar censura estatal quando ela vem do lado que ele gosta. Paga de comediante bonzinho “diferente de outros por aí” pra sair de gostoso em evento do mercado. Mas fora da bolha é só covarde. Foram lá cobrar coerência e ele apagou o perfil”, escreveu o comediante.


Anterior a isso, Danilo ainda provocou: “O Marcius Melhem, que ficou famoso às custas do amigo gordo (esse sim engraçado) em um programa com mulheres de biquíni, hoje caga qualquer regra pra ganhar tapinhas nas costas do PSOL do Leblon – mesmo que essa regra cagada aponte a hipocrisia dele e endosse a censura estatal”.

Leia Também:  Jon Snow, Joffrey, Ned e as mortes mais populares de “Game of Thrones”

Leia também: Condenado, Danilo Gentili causa polêmica ao posar ao lado de policiais militares

Rapidamente, os usuários do Twitter começaram a resgatar tweets que Marcius Melhem fez em 2009 criticando as censuras na comédia. “A patrulha do politicamente correto é forte, chata e na maioria das vezes, burra”, escreveu o global em uma das postagens. Após a confusão, ele excluiu sua conta no Twitter.

Fonte: IG Gente
Continue lendo

Entretenimento

Produtores de “Black Mirror” exaltam série de zumbi brasileira da Netfllix

Publicado

O criador e a produtora de “Black Mirror” acompanharam parte das filmagens de “Reality Z”, série de zumbi brasileira da Netflix , e gostaram do que viram. A novidade foi anunciada na noite desta quarta-feira no Rio2C, durante bate-papo com Charlie Brooker e Annabel Jones.

Leia também: Netflix anuncia “Battle Kitty”, série interativa para o público infantil


Reality Z
Reprodução/Youtube

Os produtores de “Black Mirror” gostaram de “Reality Z”


Produzida por Cláudio Torres e Renata Brandão, “ Reality Z ” é uma adaptação da série “Dead Set” (2008), feita pela mesma dupla responsável pelo hit Black Mirror . A trama acompanha participantes de um reality show que ficam presos na casa após um apocalipse zumbi tomar conta do mundo exterior. Na versão tupiniquim, o reality será apresentado por Sabrina Sato.

Leia também: “Black Mirror: Bandersnatch” emula dinâmica gamer, mas frustra como narrativa

“Tive a oportunidade de acompanhar ontem as gravações da cena do ataque zumbi, que acontece no Rio. E posso garantir: está brutal”, disse Annabel. Brooker acrescentou que a atração, prevista para 2020, captura o espírito da original, mas injeta uma pegada brasileira.

Leia Também:  Prestes a dar adeus a Thor, Chris Hemsworth admite desejo de viver James Bond

Os dois artistas também falaram sobre o processo criativo por trás de “Black Mirror”, cuja nova temporada está prevista para este ano. O programa se tornou um fenômeno mundial por apresentar tramas sombrias sobre o relacionamento distópico entre seres humanos e tecnologia.

“Mesmo assim, a única coisa realmente frustrante de ouvir é que a série é contra tecnologia”, enfatizou Brooker, que já venceu quatro Emmys ao longo das quatro temporadas disponíveis na plataforma de streaming.

“Usamos tecnologia da mesma maneira que séries de assombração usam fantasmas, e ninguém diz que elas são contra os mortos. Você fica preso na premissa dos episódios justamente porque acha as tecnologias retratadas interessantes e até sedutoras em algum nível. É uma ferramenta que certamente pode ser mal usada, mas é poderosa”, completou.

Leia também: Netflix vai deixar público escolher final de suas produções em futuro próximo

O showrunner também rebateu a ideia de que “ Black Mirror ” é uma obra deprimente:  “A gente regula o quão distópicos queremos ser. Com frequência inserimos doses de humor negro. Afinal, se você quiser ver algo deprimente basta olhar pra janela”.

Leia Também:  Como ficam os festivais de cinema com as mudanças na Lei Rouanet?

Fonte: IG Gente
Continue lendo
ouça ao vivo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana