conecte-se conosco


Esportes

Copa do Brasil Sub-20: Vasco e Palmeiras jogam em busca de vantagem

Publicado

No outro duelo, Cruzeiro-MG e Flamengo-RJ empataram em 1 a 1

Vasco x Tubarão-SC - jogo de volta oitavas de final Copa do Brasil Sub-20 2019

Créditos: Rafael Ribeiro/Vasco

Mais uma decisão se aproxima e a busca pela vaga na grande final continua. Nesta quinta-feira (24), o Vasco da Gama-RJ recebe o Palmeiras-SP em São Januário, às 16h30, em partida válida pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil Sub-20. O duelo será transmitido ao vivo pelo SporTV.

Com a convocação de Marcos Valadares para assumir o time profissional, a equipe Sub-20 terá um novo comandante para o decisivo duelo: Diogo Siston. Ex-jogador das categorias de base e do futebol profissional do Cruzmaltino, Siston é auxiliar de Marcos na categoria. Chegou ao Vasco em 1990 para ser um dos garotos da Colina. Ficou por lá até 2000, quando foi promovido ao elenco profissional. Saiu do clube em 2003 e rodou por países como Israel, Portugal e Grécia até voltar ao Brasil. Em 2018, retornou a São Januário na função de supervisor. Neste ano, assumiu a função de auxiliar técnico do Sub-20.

Leia Também:  Arena Pantanal pode receber até 25 mil pessoas por partida do Brasileiro Série B

– É um orgulho muito grande. O Vasco foi minha segunda casa por treze anos, fiquei dez anos na base, três no profissional e quando recebi o convite para voltar ao Vasco numa outra função e outra categoria eu aceitei na hora. Até pelo sentimento de fazer ainda mais pelo clube, procurar contribuir de alguma forma. Apareceu esse chance no Sub-20 e fiquei ainda mais motivado – analisou o novo comandante. 

No lado Alviverde a invencibilidade joga a favor, junto da persistência até os minutos finais. A classificação à semi foi conquistada de forma emocionante. O Verdão saiu perdendo no jogo de volta das quartas de final contra o Grêmio, em Eldorado do Sul-RS, e a decisão caminhava para os pênaltis. O atacante Aníbal marcou o gol do empate nos acréscimos do segundo tempo e garantiu a vaga no tempo normal, já que o Verdão havia vencido em São Paulo por 3 a 2.

– Sabemos que será uma partida difícil, contra um grande rival. Queremos fazer uma boa partida no Rio de Janeiro e até mesmo voltar de lá com uma vitória. Temos a vantagem de decidir em casa, diante da nossa torcida – afirmou o atacante colombiano Iván Angulo, artilheiro do Palmeiras na competição, com três gols marcados. 

Leia Também:  Maiores prejudicados, torcedores do Palmeiras apoiam o clube em rixa com a Globo

A Copa do Brasil Sub-20 não conta com a regra do gol qualificado e, em caso de empate no placar agregado das duas partidas, a decisão vai para os pênaltis. O jogo de volta, com mando do Palmeiras, será na quinta-feira seguinte, dia 2 de maio, às 17h, no estádio do Canindé, em São Paulo (SP). 

<!–

–>

Fonte: CBF
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

São Paulo e Bahia ficam no empate sem gols em jogo ruim no Morumbi

Publicado

Tricolor paulista criou poucas oportunidades e fez seu pior jogo no Brasileirão

Lance! Cuca costuma dizer que prefere desempenho a resultado nas primeiras rodadas do Brasileirão. Jogando bem, o time provavelmente somará pontos suficientes para se manter no pelotão de frente e, mais importante, ganhará corpo e confiança para os momentos mais agudos da competição, quando, aí sim, pode ser preciso vencer partidas “na marra”. Neste contexto, o empate sem gols com o Bahia na manhã deste domingo até poderia ser aceitável, desde que o time tivesse feito um bom jogo. Não foi o caso.

Essa foi, sem dúvida, a pior atuação do São Paulo em cinco rodadas de Brasileirão. Isso se não tiver sido a pior atuação desde a chegada de Cuca, que está à frente da equipe há oito partidas. E com os dois jogadores de quem a torcida mais espera, Pato e Hernanes, começando juntos pela primeira vez.

O primeiro tempo do São Paulo se resumiu a um chute mascado de Antony que bateu na trave direita do goleiro Douglas. Hernanes e Pato se posicionavam entre os zagueiros e se revezavam na tentativa de buscar jogo com Tchê Tchê e Liziero, em uma estratégia que não deu certo diante de um adversário muito fechado e muito disciplinado taticamente. Para piorar, Liziero torceu o tornozelo e saiu logo aos 13 minutos. Luan, que entrou em seu lugar, quase nunca aparece como um armador, o que deixou o time um pouco mais travado. Era preciso mais Pato, mais Hernanes, mais Antony, mais Toró… Mas nenhum deles conseguia entrar no jogo. As individualidades não funcionavam.

Leia Também:  Arena Pantanal pode receber até 25 mil pessoas por partida do Brasileiro Série B

Cuca mudou no intervalo. Tirou Pato (talvez fosse melhor mantê-lo em campo e afastá-lo da área, onde rende mais), passou Toró da esquerda para o comando de ataque, colocou Helinho aberto pela direita (depois pela esquerda) e inverteu Antony para a esquerda (depois de novo para a direita). Hernanes passou a buscar mais a bola, como armador, e consequentemente a participar mais do jogo. Mas, tecnicamente, não foi o dia do Profeta. Ele errou demais, não conseguiu fazer associações com Tchê Tchê – que invertia com Hudson e ia para a lateral em diversos momentos, tentando dar mais jogo ao time pelo lado, também sem eficácia.

A última cartada foi a entrada de Nenê no lugar de Hernanes, possivelmente uma aposta na capacidade do camisa 10 de cair também pelas beiradas, abrindo a defesa baiana (talvez Igor Gomes tivesse sido uma opção melhor, por ser mais dinâmico e até mais incisivo). Mas logo o VAR entrou em ação para expulsar Toró por um pisão aparentemente involuntário no ombro do goleiro Douglas, e o São Paulo se desmantelou de vez.

Leia Também:  Duelo de invictos: Kindermann e Santos medem forças no Feminino A-1

A partir da expulsão, o Tricolor não teve organização nenhuma para atacar e viu o Bahia ficar mais perto da vitória. Até a saída de bola perdeu a lógica, com chutões de Volpi e algumas bolas na fogueira dos jogadores de defesa. O Morumbi se calou até o apito final, quando voltou a subir o volume para vaiar o time com justiça.

São Paulo e Bahia voltam a se enfrentar na quarta-feira, às 21h30, novamente no Morumbi, dessa vez pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O time de Cuca precisará de muito mais alternativas para superar os comandados de Roger Machado, que provavelmente apostarão de novo no ferrolho à frente da área.

Continue lendo

Esportes

Mudado, Luverdense encara o Tombense-MG neste sábado e busca primeira vitória

Publicado

JORGE MACIEL

LEC busca primeira vitória, após quatro rodadas da Série C

O técnico Júnior Rocha fará, ao menos, três mudanças no confronto direto do Luverdense ante o Tombense neste sábado, às 16 horas, no Estádio Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos, pela 4ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Os mato-grossenses amargam a lanterna do Grupo B com um ponto, a mesma pontuação dos mineiros, na penúltima colocação.

“Para esse jogo vai entrar o Everton, vai entrar o Douglas e o Balbino. São três alterações, mas os jogadores já estão adaptados, eles vêm treinando bem. Não posso desmanchar tudo, pois não está tudo errado e sim, ter um pouco de sorte em alguns momentos dos jogos, de mais atenção, concentração para que nos detalhes consigamos vence os jogos”, disse o comandante.
O Luverdense já está em solo mineiro e realizará seu último treinamento nesta sexta-feira. E para o treinador, quanto mais seu time trabalhar, mas sorte terá na divisão.
“A gente vem criando (oportunidades), mas infelizmente a bola não vem entrando. Mas é o que eu falo para eles (jogadores), eu sei que falta um pouquinho de sorte em alguns momentos, porém, quanto mais a gente trabalhar, mais vamos atrair essa sorte. (…) A gente cria oportunidade, tem o domínio do jogo, mas nesses últimos jogos fomos punidos com alguns lances que comprometeram o resultado final”, ponderou ele.
O Luverdense, além de estar na lanterna e em busca da primeira vitória, também sonha com o primeiro gol. São três tentos tomados e nenhum marcado.
“O que nós temos que fazer é se fechar mais. Todas as equipes oscilam no futebol brasileiro. Começamos o campeonato oscilando e temos que buscar nos fortalecer, reinventar e ir pra cima buscar a vitória fora de casa. Já que não conseguimos aqui, vamos buscar os três pontos fora”, finalizou.
O Luverdense deve ir a campo com Edson; Da Silva, Hélder (Lucão), Everton e Balbino; Moises, Abu, Kauê e Juninho Tardelli; Douglas e WIlson Júnior.

Leia Também:  Maiores prejudicados, torcedores do Palmeiras apoiam o clube em rixa com a Globo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana