conecte-se conosco


Carros e Motos

Coleção com 80 raridades da Porsche é danificada após explosão de gás nos EUA

Publicado


Porsche
Divulgação

Coleção com 80 Porsche foi danificada com explosão à gás, junto a outros 15 edifícios ao redor

Com uma morte e 17 feridos já confirmados, a coleção multimilionária de 80 carros da Porsche — considerada por muitos como “a melhor das Américas” — ficou parcialmente destruída após uma explosão de gás em um em Durham, na Carolina do Norte (Estados Unidos). Ainda sem confirmação sobre o número de carros danificados, no total, pelo menos 15 edifícios nas redondezas do prédio — que inclui o local onde está a coleção — também foram afetados pela explosão.

LEIA MAIS: Dez carros da Porsche, que são do co-fundador do WhatsApp, vão a leilão; veja


918 Spyder
Divulgação

918 Spyder é um dos mais exclusivos que estão entre os prejudicados. Com 887 cv, chega aos 100 km/h em 2,5 segundos

Para se ter uma ideia do quão importante era essa coleção, há algum tempo, a própria Porsche a descreveu como “uma visão de tirar o fôlego sobre a história do design automotivo”. Conforme lamentou o proprietário dos Porsche Bob Ingram: “Os nossos sentimentos e orações vão para as famílias afetadas por esse desastre. Desejamos uma recuperação rápida para todos os feridos”.

Leia Também:  Fiat mostra foto do Argo Trekking,que chega às lojas no fim do mês

LEIA MAIS: Porsche 911 Turbo S 993 é fabricado do zero, com peças originais

Vale lembrar que, apesar do acidente ter sido inevitável, houve uma mobilização das forças de segurança, bem como alertas para a evacuação dos que estavam na zona de perigo. Os efeitos da explosão sobre a garagem resultaram em danos no telhado, ocasionando o seu colapso e os danos materiais. Até onde se sabe, um 918 Spyder e o terceiro 356 mais antigo remanescente foram atingidos.

LEIA MAIS: Primeiro carro da Porsche é refeito pela fabricante. Veja fotos e detalhes

Outra calamidade automotiva do tipo nos EUA

Aos que se lembram, em fevereiro de 2014, 8 exemplares do Corvette caíram em um buraco que se abriu no Museu Nacional do Corvette, em Kentucky. A vala, de cerca de 12 metros de largura para 9 metros de profundidade, apareceu por volta das 5h30 (do horário local). A coleção é a mais relevante para a GM, devido à exclusividade e a raridade dos exemplares.

LEIA MAIS: Porsche 901 raro é restaurado e vai para o museu da fabricante, na Alemanha

Leia Também:  Moto elétrica que acelera como esportiva começa a ser vendida nos EUA

Entre os modelos que despencaram, estavam um Corvette C1 preto 1962 última série, ZR-1 Blue Devil 2009, PPG Pace Car 1984, ZR-1 Spyder 1993, White 1 Millionth 1992 (a unidade 1 milhão produzida), a unidade 1,5 milhão de 2009, Z06 Mallet Hammer 2001, e um Ruby Red 1993 — modelo comemorativo dos 40 anos do Corvette.

LEIA MAIS: Novo Porsche 911: lendário cupê beira a perfeição na linha 2020

Na época, Strode, o diretor do museu, afirmou que não é possível avaliar o valor total dos carros danificados. Dos oito carros que caíram, seis foram doados ao museu por fãs e dois pertencem à GM – o ZR-1 Spyder e o Blue Devil. O museu possui uma frota de mais de 30 Corvettes exclusivos. Felizmente — tal como esperamos que ocorra com os Porsche —  muitos deles já foram restaurados e foram colocados de volta à exposição.

Fonte: IG Carros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Honda Civic Type R de Lego em escala real  tem peças que funcionam. Veja vídeo

Publicado


Honda Civic Type R feito de Lego
Divulgação

Honda Civic Type R feito com peças de Lego exibe linhas fieis às do esportivo original com motor de 320 cv

O Honda Civic Type R, um dos carros mais velozes da marca japonesa, foi recriado em uma escala de tamanho real a partir de blocos de Lego. Uma equipe de nove pessoas, liderada por Ryan McNaught — um Lego Certified Professional — levou mais de 1.300 horas para concluir o projeto, durante o qual eles usaram mais de 320.000 peças. Como base, projeto dependeu de uma estrutura de aço, na qual todos os tijolos foram colados juntos.

LEIA MAIS: Bugatti Chiron feito de Lego anda de verdade

Tamanha complexidade do projeto levou a desafios igualmente desafiadores. Entre os maiores, está a fragilidade dos limpadores de janela e a asa traseira, que precisavam imitar ao máximo os que equipam o Honda Civic de verdade. No final, tudo se encaixou muito bem, mas isso não foi o suficiente para a equipe ficar satisfeita por completo.

Algo bastante impressionante é a presença funcional da parte elétrica do carro de Lego , que que podem ser ligadas e desligadas usando um tablet iOS. Segundo McNaught: “Adoramos o desafio deste projeto.

Leia Também:  Fiat mostra foto do Argo Trekking,que chega às lojas no fim do mês

O carro é moldado com uma quantidade considerável de linhas curvas, tornando a construção difícil, na mesma medida que interessante. Não deixamos os mais minuciosos detalhes de lado, e o resultado foi bastante diversão, apesar do trabalho duro”.

LEIA MAIS: Oficina cria carrinho de LEGO que funciona e se locomove sozinho. Veja vídeo

A partir de agora, a própria Honda mostrará este Type R em diferentes eventos na Austrália nos próximos meses. Sua primeira apresentação será no dia 28 de abril no Channel Nine, durante o programa de TV “LEGO Masters”, que será julgado por McNaught e Hamish Blake.

LEIA MAIS: Honda Civic Type R ganha chances de ser importado para o Brasil

Segundo o diretor da Honda Austrália, Stephen Collins: “a Honda é uma empresa que tem tudo a ver com criatividade e inovação, por isso é ótimo apoiar um programa familiar que reflita tão bem esses ideais. Por meio do Lego Masters, veremos alguns dos sonhos dos participantes e também dos fãs ganhando vida. Temos orgulho de ajudar a impulsionar isso”.

Outra recente criação, usando Lego

Leia Também:  Volkswagen mostra conceito de novo SUV durante o Salão de Xangai

No dia 20 de fevereiro, uma VW Kombi de Lego foi revelada em Munique (Alemanha). Entretanto, não se tratava apenas de um projeto qualquer. Durante apenas seis semanas, o projeto levou um total de 400 mil peças.

Rene Hoffmeister e Pascal Lenhard, dois dos 12 profissionais com reconhecimento e certificação da Lego, projetaram o modelo de 700 kg a partir de uma criação em 3D. O resultado? Mais de cinco metros de comprimento, quase dois de largura, para três de altura, com o teto escamoteável totalmente erguido.

LEIA MAIS: Batmóvel com mais de 340 mil peças de Lego aparece no Salão de Detroit

A Kombi de Lego, na geração produzida entre os anos de 1967 e 1971, é um dos modelos que mais levou os blocos durante a sua composição. Só para fazer os vidros, por exemplo, foram 20 mil deles.

Devido a dificuldade de achar tanta peça, e entre elas, algumas tão diferenciadas dos Legos mais comuns, os especialistas afirmam ter trabalhado inclusive nas madrugadas, pois quando não estavam procurando as peças, estariam montando o carro. Seja o Honda Civic Type R, seja a Kombi, e outros carros de lego, a busca pela perfeição é a grande chave para um projeto bem sucedido.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros e Motos

Começa a pré-venda do novo BMW i3, que tem 440 km de autonomia, diz fabricante

Publicado


BMW i3
Divulgação

O BMW i3 é construído em fibra de carbono e liga de alumínio para compensar o peso da bateria

Acaba de entrar em pré-venda o novo BMW i3 120Ah, que traz uma autonomia de até 440 km como um de seus maiores atributos. Além disso, o carro passa a ser oferecido na versão puramente elétrica (BEV), sem o extensor de autonomia a combustão. O compacto é vendido nas versões i3 BEV (R$ 205.950), i3 BEV Connected (R$ 229.950), e i3 REX Full (R$ 257.950).

LEIA MAIS: BMW revela detalhes dos elétricos iX3 e i4, ainda camuflados

Com o novo visual mostrado recentemente na Europa, o motor elétrico do BMW i3 desenvolve a partir de 170 cv e 25,6 kgfm, na configuração BEV. Com isso, chega aos 335 quilômetros de autonomia, até os 100 km/h em 7,3 segundos e à vekocidade máxima de 150 km/h. Os 440 km de autonomia pertencem à versão de topo REX Full, quando funciona junto ao motor à combustão, de 647 cc. No modo de condução puramente elétrico é de 290 km. Nesta versão, acelera até 100 km/h em 8,1 s e a velocidade máxima ainda é de 150 km/h.

Além dos números, um de seus maiores destaques é a plataforma. O i3 traz a tecnologia BMW LifeDrive, uma arquitetura exclusiva para carros elétricos cujo foco é segurança, baixo centro de gravidade e redução de peso. Tudo isso pensado para garantir a dirigibilidade padrão dos demais modelos da marca. O foco na otimização dos componentes gira em torno de onde eles são posicionados. Os motores são colocados sobre o eixo traseiro junto à transmissão, e as baterias de íons de lítio estão acomodadas embaixo do assoalho, entre os eixos.

Leia Também:  Quiz: você seria capaz de acertar 10 perguntas sobre o mundo automotivo?

LEIA MAIS: Flagra! BMW X1 renovado é visto antes da estreia, no segundo semestre

Apesar do novo visual, tem dimensões similares ao do antecessor. Ou seja, 4,01 m de comprimento, 1,77 m de largura, 1,59 m de altura e 2,57 m de distância entre-eixos. A capacidade do compartimento de bagagens é de 260 litros e, do tanque de combustível para a versão com extensor de autonomia, 9 litros.

Equipamentos


BMW i3
Divulgação

BMW i3 traz tecnologias de última geração, entre eles, equipamentos de conectividade e acabamento diferenciado

O i3 vem de série com rodas de liga leve de 19 polegadas, faróis full-LED, painel digital, ar-condicionado, central multimídia, seis airbags e mais. Utiliza ainda o sistema ConnectedDrive, com chamada de emergência inteligente, telemetria, e função que mostra onde estão os postos de recarga, como shoppings, supermercados, restaurantes, hotéis e postos de combustíveis.

LEIA MAIS: BMW Série 7 2020 é revelado por completo, após vazamento de imagens

A Versão BEV adiciona ar-condicionado automático digital, sistema de navegação por GPS com informações em tempo real, integração com Apple CarPlay, sensor de chuva, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré e parking assistant. Por fim, o modelo topo de linha REX traz teto solar, sistema de áudio surround Harman-Kardon, alerta de tráfego cruzado, aviso de saída de faixa e outras tecnologias automotivas .

Leia Também:  Volkswagen mostra conceito de novo SUV durante o Salão de Xangai

O novo BMW i3 já pode ser reservado nas concessionárias em cinco opções de cores externas, sendo duas de acabamento sólido (Branco Capparis e Black Fluid, ambas com detalhes em Azul BMWi), e três de acabamento metálico — Azul Imperial e Vermelho Melbourne, as duas com detalhes em Frozen Grey; e Cinza Mineral, com detalhes em Azul BMW i.

Fonte: IG Carros
Continue lendo
ouça ao vivo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana